Perdi meu pai para a Artrite Reumatoide, anos mais tarde, eu descobri ter AR! #WADHigh5

Meus primeiros sintomas, foram dores intensas nos punhos, joelhos e ombros. fui ao reumatologista e ele passou “cálcio de ostra“, tomei algum tempo e não resolveu, voltei tomei anti-inflamatorio melhores e depois tudo de novo. Fiquei dois anos sem saber o que tinha. Este primeiro médico, nunca pediu exame, resolvi mudar de médico, foi quando então realizei alguns exames e recebi o diagnóstico de Artrite Reumatoide.

O meu pai tinha Artrite Reumatoide, eu o perdi com AR, cuidei dele até o fim, acompanhei todo processo doloroso, ele nunca foi tratado adequadamente, a doença se intensificou seu sofrimento foi grande. Então, quando recebi o diagnóstico, pensei em tudo que ele passou e me vi em cada uma das situações vividas por ele, chorei muito, me deprimi, mas resolvi levantar e lutar contra a doença.

Comecei o tratamento com Metotrexato – 4 comprimidos por semana, senti bastante enjôos, atualmente estou usando 09 comprimidos e 20 mg de prednisona.
No início, não tive tantas mudanças na minha vida, mas aos poucos alguns movimentos começaram a ficar limitados, tenho muita dificuldade com tarefas domésticas e o movimento de pinçar.

Algumas coisas já não faço mais, desci do salto literalmente, amava salto, não uso mais, não consigo andar muito a pé, fazia textura, pátina, pintava, hoje já não não consigo, dói muito o movimento repetitivo.

Acho que os médicos não estão muito preocupados com o paciente de AR, são muito fatalistas, se o paciente não buscar informações, não são informados como deveriam pelos profissionais, acho que somos tratados com um certo descaso.

Minha dica para qualidade de vida, é fazer exercícios físicos, mudar à alimentação, fazer o que da prazer, decida ser feliz apesar da AR, aprenda a conviver com suas limitações, não se vitimize e ame muito, ame a vida, as pessoas, as oportunidades tire o máximo proveito de tudo, tenha esperança e fé, confie em Deus e creia em dias melhores.

Sou a Luiza Melo, Psicanalista, tenho 54 anos,, convivo com AR desde os 49 anos, moro em Olinda/PE, sou casada e atualmente estou trabalhando.

Envie seu depoimento pelo formulário :http://goo.gl/forms/o3BxHXpyzc
Após preencher o formulário envie a sua foto identificada pelo seu nome no assunto para o e-mail: email: minhahistoria@encontrar.org.br

Jornalista
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
×
Jornalista Grupar EncontrAR
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!