Consulta pública aberta para recomendar o Tocilizumabe (Actemra) como opção de tratamento para pacientes que não podem utilizar Metotrexato

Ministério da Saúde, recebe contribuições até o dia 16 de junho. Essa decisão ajudará principalmente pessoas com artrite reumatoide que não podem utilizar o metotrexato, em especial aquelas que precisam tomar um único medicamento como tratamento, que é a principal indicação terapêutica do Tocilizumabe (Actemra).

Se você utiliza este medicamento ou apenas tem artrite reumatoide, pode participar da consulta pública, enviando a sua evidência de paciente, contribua e ajude o SUS a entender às necessidades da pessoa com artrite reumatoide e artrite idiopátiva juvenil no Brasil.

A Comissão de Avaliação de Tecnologias no SUS, convoca toda sociedade civil para participar da Consulta Pública Nº 14/2016, que tem por objetivo recomendar o uso de Tociluzumabe (Actemra) como primeira linha em monoterapia, para o tratamento da Artrite Reumatoide. moderada a grave.

O que é “Tocilizumabe (Actemra), como primeira linha em monoterapia?

Primeira linha de tratamento com medicamento biológico é orientar a prescrição do Tocilizumabe (Actemra) como a primeira opção quando o paciente precisa de medicamento biológico, abrindo a possibilidade de prescrever o Tocilizumabe para pacientes que não podem tomar metotrexato. Desta forma o médico terá autonomia clínica para avaliar a necessidade do paciente, não ficando preso a critérios técnicos do protocolo de tratamento no SUS, podendo então, se apoiar na necessidade do paciente.
Monoterapia no tratamento da Artrite Reumatoide é quando o paciente recebe um único medicamento, ou seja, o Tocilizumabe (Actemra) é um medicamento biológico que pode ser utilizado sem o uso associado à metotrexate e outros medicamentos sintéticos.

Quais são os medicamentos biológicos de primeira linha hoje no SUS? 
O protocolo de tratamento da artrite reumatoide, determina que as primeiras opções em medicamentos biológicos devem ser os biológicos chamados agentes anti-TNF, são eles: adalimumabe,etanercepte, certolizumabe pegol, infliximabe ou golimumabe. O objetivo desta consulta é incluir o Tocilizumabe (Actemra) como uma oportunidade de tratamento também de primeira escolha médica, ressaltando a possibilidade de utiliza-lo em monoterapia.

Oportunidade de tratamento

Marina-Leao-6 anos, usuária de Tocilizumabe
Marina-Leao-6 anos, usuária de Tocilizumabe em monoterapia em primeira linha.

Oportunidade foi o que teve a pequena Marina Leão, ela que tem 6 anos e há 4 convive com Artrite Idiopática Juvenil, há 1 ano e meio, através de um protocolo de pesquisa clínica, está recebendo o “Tocilizumabe (Actemra)” como primeira opção de medicamento biológico, somente após essa oportunidade de tratamento, Marina conseguiu recuperar sua qualidade de vida, é o que declara a mãe, Cibeli Leão “o estudo com tocilizumabe representou praticamente a cura da minha filha, em apenas duas aplicações os sintomas da artrite foram embora é ela ganhou qualidade de vida,  já que a medicação não tem efeito colateral e usada de forma subcutânea a cada 21 dias”. Antes do Tocilizumabe, Marina chegou a utilizar altas doses de Metotrexato, que lhe traziam grandes efeitos colaterais e ainda assim, não foi suficiente para  controlar a doença, somente após receber o Tocilizumabe em monoterapia, foi possível atingir a remissão doença, o que hoje lhe permite praticar inclusive, ginástica olímpica e ter uma vida compatível com uma criança que não tenha artrite idiopática juvenil.

SUS publica a consulta pública com parecer negativo

A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologia do SUS (Conitec), publicou essa consulta pública com parecer negativo, ou seja, segundo o relatório da Conitec, o SUS não aprova a incorporação do Tocilizumabe (Actemra) como primeira linha em monoterapia para o tratamento da artrite reumatoide.

Negativa-conitec

Se você utiliza o Tocilizumabe ou apenas se for paciente ou familiar,  participe dessa consulta pública e diga ao SUS, o que você pensa à respeito.

Sobre o Tociluzumabe (Actemra) 

Tecnologia: Tocilizumabe (Actemra®)

Indicação: Primeira linha de agentes biológicos para o tratamento da artrite reumatoide.

Fabricante: Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A.

O medicamento Tocilizumabe (Actemra) faz parte da lista de medicamentos fornecidos pelo Ministério da Saúde e Planos de Saúde, para tratamento da artrite reumatoide, através do Protocolo Clínicos e Diretrizes Terapêuticas da Artrite Reumatoide e Rol de procedimentos e coberturas mínimas obrigatórias da ANS “Agência Nacional de Saúde Suplementar”

O tocilizumabe faz parte do grupo dos novos medicamentos modificadores do curso da doença biológicos (MMCDs biológicos), também conhecidos como agentes biológicos, por modificar a resposta biológica do organismo na artrite reumatoide (AR).

O tocilizumabe é um anticorpo humanizado que bloqueia a ação da interleucina 6 (IL-6), citocina com papel pivotal no desencadeamento e manutenção da inflamação crônica na AR.

É um medicamento de uso ambulatorial/hospitalar, administrado através de infusão endovenosa (na veia) geralmente, em clínicas de infusão ou ambulatórios/hospitais habilitados e já está disponível no Brasil, a versão subcutânea, pode ser administrado pelo próprio paciente.

Dê a sua contribuição, participe da consulta pública

Faça sua contribuição, participe, preencha o formulário e expresse sua experiencia e opinião sobre o tratamento. Participando você estará contribuindo para que ele seja fornecido para as pessoas que necessitarem.
As contribuições podem ser enviadas até o dia 16 de junho de 2016

 Quem pode contribuir?
Pacientes, amigos e familiares, profissionais da saúde, associações de pacientes e toda sociedade civil, para contribuir basta preencher o formulário eletrônico, disponível neste linK: http://goo.gl/ktsz9b 

Pacientes devem contribui enviando sua experiência ou opinião e profissionais da saúde devem contribuir como "contribuição técnica-cientifica".
Pacientes devem contribui enviando sua experiência ou opinião e profissionais da saúde devem contribuir como “contribuição técnica-cientifica”.

Como contribuir?
Existem duas formas de contribuir:
► Experiência ou opinião: “evidência do paciente” – “como paciente, familiar ou sociedade civil”, contando a sua  Experiência ou opinião, nesse tipo de contribuição você pode compartilhar sua experiência com o uso do Tocilizumabe e convivência com a doença. Caso não seja usuário de Tocilizumabe, ainda assim você pode contribuir, falando sobre a sua experiência de vida com a doença e as razões que te fazem acreditar na importância do Tocilizumabe como primeira linha em monotorapia fornecido pelo SUS.
Contribuição técnica-científica: evidência científica – Contribuindo com análise médica da consulta pública, enviando documentos e artigos científicos que provem a eficácia, segurança e custo-efetividade do Tocilizumabe com base em evidências ciêntificas, este tipo de contribuição é voltada para associação de pacientes através do conselho cientifico, médicos e profissionais da saúde.

Leia o relatório para sociedade e entenda melhor:

RelatorioSociedade_Tocilizumabe_ArtriteReumatoide_CP_14_2016-1

Saiba o que diz o Relatório Científico emitido pela CONITEC (SUS):
Relatorio_Tocilizumabe_AR_CP_14_2016-1

  1. […] Dá uma passadinha la no blogAR e saiba como contribuir: http://artritereumatoide.blog.br/consulta-publica-tocilizumabe/ […]

  2. […] Dá uma passadinha la no blogAR e saiba como contribuir: http://artritereumatoide.blog.br/consulta-publica-tocilizumabe/ […]

  3. kanopfvera Diz

    Em que situação encontra-se hoje,03/08/16?

    1. Priscila Torres Diz

      Olá, a consulta pública teve resultado negativo, o Ministério da Saúde ñ aprovou o Tocilizumabe como primeira linha no tratamento da artrite reumatoide, mas a luta continua e bem provável que em breve teremos novas consultas públicas. Obrigada por perguntar.

  4. Cilidia de freitas Diz

    Tenho artrite reumatóide diagnosticada a 4 anos …e agora esta evoluindo para vasculite reumatóide …Dr esta investigando …dores terríveis …muita inflamação …ainda não m dei bem com nem uma medicação ..por causa dos efeitos colaterais …muito triste …ainda vai darcerto

    1. Priscila Torres Diz

      Esperamos que fique tudo bem! Melhoras

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: