Hidroxicloroquina

Sulfato de Hidroxicloroquina 

Conhecida popularmente como “Cloroquina”, é um medicamento Modificador do Curso da Doença – “DMARD” de 1º linha, atua como anti-reumático, sendo a primeira escolha no tratamento inicial da artrite reumatoide, bastante utilizado no Lúpus e em várias outras doenças reumáticas. Exige o controle oftalmológico, sendo necessário a realização do exame de fundo do olho com a frequência semestral.

Apresentação: Comprimidos de 400 mg

Como é administrado: Durante ou após as refeições


Geralmente indicados para as doenças reumáticas:

  • Artrite Reumatoide
  • Artrite Idiopática Juvenil
  • LES – Lúpus Eritematoso Sistêmico
  • Malária

Contra Indicação:
  • Insuficiência hepática avançada
  • Discrasia sanguínea (leucopenia, anemia, agranulocitose – alteração das células sanguíneas visíveis no hemograma)

Tempo para fazer efeito (controle da doença):
  • Em média 12 semanas (3 meses)

Efeitos Colaterais:
  • Distúrbios gastrintestinais (náuseas, vômitos, indigestão)
  • Fraqueza muscular
  • Erupções cutâneas
  • Dores de cabeça
  • Visão turva
  • Alopecia (discreta queda do cabelo)
  • Descoloração do cabelo
  • Tontura

Cuidados:
  • Avaliação Oftalmológica (exame de fundo do olho à cada 6 meses), a cloroquina pode danificar a retina, causa também opacidade no cristalino e por isso é importante o acompanhamento com médico oftalmologista durante o uso.
  • Avaliação Renal: exames de sangue: creatinina – uréia
  • Avaliação Hepática: exames de sangue, TGO – TGP – fosfatase alcalina
  • Hemograma completo 
  • Urina I 
Medicação de baixo custo, encontrada nas farmácias sem grande dificuldade.

Fornecido pelo SUS “Sistema Único de Saúde”

Distribuição gratuita, através da Assistência Farmacêutica, sendo necessário:

Exames obrigatórios para abertura de processo:

Laudo da Radiografia de mãos 

Exames de Sangue:

  • Hemograma completo com plaquetas,
  • TGO – TGP
  • Uréia – Creatinina
  • VHS –  Proteína C reativa
  • Fator Reumatóide
  • Urina I
As informações são apenas uma orientação geral, a pessoa indicada para orientar corretamente é o seu médico assistente (reumatologistas).
Texto adaptado de Arthritis Research UK  e Bulas. Med 
Atualizado em: 02 de agosto de 2016.

 

Anúncios

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de Artrite Reumatoide aos 26 anos, enquanto atuava como enfermeira, estava acostumada a lidar com a dor, porém, a dor dos outros. De repente a dor passou a ser minha companheira. Troquei o cuidar assistencial pelo cuidar informacional e escrevi o Blog Artrite Reumatoide, para compartilhar a minha dor, aprendi então, que Dor Compartilhada é Dor Diminuída. Hoje sou “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde e uma eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

2 Comentários

Se você gostou dessa publicação, nos incentive a continuar, deixe seu comentário!