Será que todo dia, vai ser sempre assim

“Indisposição, fadiga, rigidez matinal” como é chato acordar robotizada, com movimentos sincronizados, corpo cansado, uma fadiga que parece que carregamos pedra a noite toda. Como eu queria minha vida de volta, quando apenas um banho me despertava pela manhã, hoje meu dia sempre começa após as 16 hs, quando me sinto mais disposta, com a dor sob controle e a rigidez já foi embora. Escolhi a noite para fazer tudo, limpar casa, fazer comida, enfim…. meu dia começa as 16…. e minha dor as 06.
A vida dos reumáticos é feita de ventos, ventos de estabilização da doença, ventos de atividade da doença … e o que fazer …. “apenas esperar passar” porque sabemos que não há mal que dure para sempre.
Compartilhando nossas dores, ela se torna mais leve. Para mim isso é uma auto-terapia. “Dias melhores pra sempre”
Comentários
if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: