Hoje fui ao psiquiatra …

Só a minha mãe me faz ir em plena sexta-feira 07hs da manhã, cheia de rigidez, com dor até a alma, ao psiquiatra (que ela marcou no SUS). Chegando lá, fomos atendidas por uma médica muito simpática que perguntou ”porque eu procurei o psiquiatra”, eu olhei pra ela e respondi, porque o médico disse pra minha mãe que eu não tenho doença é tudo psicológico. Eu não sei se a consulta era pra mim ou para minha mãe, porque a minha mãe falou mais com a psiquiatrado que eu, pois segundo minha mãe pra ela isso é uma questão de honra, ela não aceita o que ouviu, é minha mãe que me acompanha em tudo, todas as consultas, exames, desde o começo da doença ela está sempre ao meu lado, e segundo minha mãe “se tudo for psicológico” eu serei a melhor atriz que ela conhece e depois de ter um parecer final da psiquiatria, ela mesmo irá levar para os médicos que disseram a ela que tudo era psicológico.

A consulta foi legal, conversamos bastante, mas faltava queixas de minha parte e ficou algo um pouco fora de sintonia, eu estava no consultório da psiquiatra, porém, não tinha nada que justificasse a minha presença ali, a não ser claro, a avaliação “verbal” de um médico que disse que tudo era psicológico.
A médica psiquiatra disse que não conseguiu encontrar nada sugestivo para um distúrbio psicótico, então praticamente deu alta e  encaminhou para a terapia. E lá vou eu, para o psicólogo.

Desculpem o palavrão + eu ri…. e vc vai rir tbe..
Contarei a resolução dessa minha psicose artritica……
if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));