Dor na Coluna: Quando Você Deve se Preocupar?

A dor na coluna é um problema muito comum, que chega a acontecer em 80% das pessoas em algum momento da vida. Na grande maioria das vezes ela ocorre por tensão muscular, dos ligamentos ou tendões, e muitas vezes não é necessário realizar um exame de imagem. A notícia boa é que metade das pessoas melhoram em uma semana e cerca de 90% vão melhoras em seis a oito semanas. Existem, entretanto, algumas causas raras, mas que podem indicar que existe uma doença mais grave por trás da dor na coluna.
 
​Quais são os sinais de alarme que indicam que eu devo procurar um especialista?

Febre
A dor na coluna acompanhada de febre pode indicar que a causa da dor é uma infecção. Assim, o médico precisa confirmar esse diagnóstico e tratar com antibióticos se esse for o caso.

Trauma
Se a dor na coluna começou depois de uma queda ou um acidente de carro, é importante consultar o médico para se certificar de que não ocorreu nenhuma fratura ou lesão, principalmente se você tem mais de 50 anos.

Dificuldade para Controlar a Urina ou as Fezes
A dificuldade para controlar as necessidades, junto com a falta de sensibilidade na área interna das coxas pode indicar o que chamamos de síndrome da cauda equina, que é uma compressão de um conjunto de nervos que fica no final da medula espinhal. Nesses casos é importante procurar o médico o mais rápido possível, para evitar lesões permanentes.

Idade Abaixo dos 20 ou Acima dos 70 Anos

Geralmente não é normal que uma pessoa muito jovem tenha dor nas costas, e se isso acontecer o especialista deve investigar. Acima dos 70 anos aumenta o risco de infecção, tumores e causas abdominais de dor nas costas.

História de Câncer
Uma pessoa que já teve câncer um dia deve contar isso ao seu médico, para que ele possa descartar que a causa da dor nas costas seja algo relacionado ao câncer, como uma metástase.

Imunossupressão
Imunossupressão significa que o sistema de defesa do organismo está alterado, tanto por doenças, como o HIV e as doenças autoimunes, como por medicações, como os biológicos, a ciclosporina, o micofenolato e a azatioprina, entre outras. Como o risco de infecções é maior nestas pessoas, a dor na coluna deve ser investigada adequadamente.

Osteoporose ou Uso Crônico de Corticoides
osteoporose ou o uso crônico de corticoides aumentam o risco de fratura na coluna.

Fraqueza nas Pernas
A perda de força em uma ou nas duas pernas pode indicar uma compressão de algum nervo, sendo necessário consultar um médico para uma melhor avaliação.

Perda de Peso
Uma perda de peso inexplicada e inesperada é um sinal de alarme para que o médico descarte uma infecção ou um tumor como causa da dor na coluna.

Dor Prolongada 

Como foi citado anteriormente, cerca de 90% da pessoas melhoram em até seis a oito semanas. Se a dor persistir além desse período é recomendável consultar o médico.

Confira nosso Guia Completo Sobre Dor na Coluna para mais informações.

Comentários
if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: