Psoríase e as Articulações

Dia 29 de outubro é o Dia Mundial da psoríase.  Esta doença, que afeta quase 2% da população, se manifesta com o aparecimento de lesões avermelhadas e escamosas principalmente em couro cabeludo, cotovelos e joelhos. Você sabia que cerca de 3 em cada 10 portadores de psoríase apresenta artrite?
Artrite significa inflamação das articulações, e quando isso acontece a pessoa sente dor, inchaço e dificuldade para movimentar a articulação no período da manhã. Ela ocorre porque o sistema imunológico, responsável pelas defesas do nosso organismo, desencadeia uma resposta inflamatória intensa que, além de atacar a pele, atinge as articulações.

Quais os Sintomas da Artrite Psoriásica?

  • Inchaço dos dedos dos pés ou das mãos (dactilite), causado pela inflamação das articulações e dos tendões.
  • Dor e rigidez nas costas ou no pescoço, causada pela inflamação da coluna (espondilite).
  • Dor no local onde os tendões se inserem nos ossos (entesite), como no calcanhar, cotovelos, tórax.
  • Alterações nas unhas.
  • Cansaço ou fadiga, causados pela atividade da doença.
  • Inflamação do olho.
  • Aumento do risco de doenças cardiovasculares – as doenças inflamatórias são um fator de risco para doenças do coração. Por isso, evite os outros riscos, como fumar e consumir bebidas alcoólicas. Além disso, é importante controlar a pressão arterial e o peso.

Como é Feito o Diagnóstico?
O diagnóstico é feito pelo médico, através dos sinais e sintomas. O médico fará perguntas sobre sua história pessoal e familiar de psoríase, além de examinar as suas articulações. Não existe um exame capaz de estabelecer o diagnóstico, mas eles podem ajudar a excluir outras causas de dor. Nem toda dor articular em portadores de psoríase é artrite psoriásica, pois eles podem ter também dor muscular, artrose, tendinites, bursites. Por isso, é de extrema importância consultar o médico reumatologista para fazer o diagnóstico correto. Quanto antes a artrite psoriásica for diagnosticada e tratada, menor é a chance que ela cause deformidades.

Para conhecer mais sobre tratamento e dicas, acesse nosso guia.

Fonte ReumatoCare
Através da Blog ReumatoCare
if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));