Medicamento Biológico Tratamentos

Adalimumabe

Medicamento Biológico – Anti-TNF

DMARD – 2º linha -Medicamento Modificador da Resposta Imunobiológica – Medicação Biológica muda o curso da doença ao impedir a ação da substância que provoca a inflamação.


Administração, como usar:

  • Seringas preenchidas com dose de 40 mg – -1 dose à cada 14 dias
  • Injetável via Subcutânea (agulha insulina)

Indicação:

  • Artrite Reumatoide
  • Artrite Psoriásica
  • Artrite Idiopática Juvenil (AIJ – ARJ) pode ser usado em crianças, no Brasil é preconizado à partir de 13 anos.
  • Espondilite Anquilosante

Contra-Indicação:
  • Gravidez
  • Lactação
  • Insuficiência renal
  • Insuficiência hepática
  • Insuficiência Cardíaca
  • Hepatite B
  • Esclerose Múltipla
  • Tuberculose ativa
  • Pessoas que já tiveram câncer devem ser avaliadas criteriosamente
  • Fibrose Pulmonar

Tempo para fazer efeito (controle da doença):
  • Em média 2 à 12 semanas (3 meses)

Exames solicitados pré-medicamento biológico

  • PPD (teste tuberculínico)
  • Radiografia de Tórax
  • Hemograma
  • Urina I
  • Provas de Função Hepática
  • Provas de Função Renal

Principais Efeitos Colaterais

  • Imunossupressão
    • (risco aumentado para infecções)
  • Intolerância Gástrica (náuseas, vômitos, gastralgia (dor no estômago), diarreia)
  • Calafrios
  • Febre
  • Dores musculares
  • Fraqueza e/ou Fadiga
  • Perda de apetite, náuseas, vômitos e diarréia
  • Alopecia
  • Hiperemia local aplicação (discreta irritação no local da injeção, que pode ficar vermelho e coçar).

Os efeitos colaterais diferem de pessoa para pessoa, cada organismo terá uma forma de reação ao medicamento biológico, os efeitos colaterais podem ser maiores nas primeiras doses e com o passar do tempo o organismo vai se adaptando de uma forma que os efeitos colaterais se tornam discretos.

Efeitos Colaterais Importantes e não tão comuns

  • Hepatotoxidade (comprometimento e sintomas de alteração da função, ex: hepatite medicamentosa)
  • Nefrotoxidade (comprometimento e sintomas de alteração da função dos rins)
  • Neurotoxidade (comprometimento e sintomas de alteração do Sistema Nervoso Central)

Muito comum, as pessoas se assustarem ao ler os efeitos colaterais de um medicamento biológico, porém, alguém já leu a bula da dipirona? e paracetamol?, saiba que o paracetamol é muito utilizado pela pessoa que tem dor crônica, porém, ninguém divulga que o uso indiscriminado de paracetamol pode levar a séria Hepatite Medicamentosa, por isso, se o seu médico prescreveu medicamento biológico, confie, ele estudou e sabe o que está prescrevendo.

Farmacovigilância

Além dos efeitos colaterais previstos, podem ocorrer efeitos colaterais raros e imprevisíveis, momento em que através de formulário próprio da ANVISA os dados são registrado e encaminhados para a farmacovigilância. Todo efeito colateral fora dos padrões esperados deve ser encaminhado a notificação para a ANVISA que é o órgão regulatório de registro e liberação para uso de medicamentos no Brasil


Cuidados:

  • Não Ingerir Bebidas Alcoólicas
  • Evite aglomeração de pessoas e lugares fechados
  • Utilize método contraceptivo, evite gravidez durante uso da medicação.
  • Avaliação Renal: exames de sangue: creatinina – uréia
  • Avaliação Hepática: exames de sangue, TGO – TGP – fosfatase alcalina
  • Hemograma completo
  • Urina I

Fornecido pelo SUS “Sistema Único de Saúde”
Distribuição gratuita, através da Assistência Farmacêutica, sendo necessário:

Exames obrigatórios para abertura de processo:

Laudo da Radiografia de mãos

Exames de Sangue:

  • Hemograma completo com plaquetas,
  • TGO – TGP
  • Uréia – Creatinina
  • VHS – Proteína C reativa
  • Fator Reumatóide
  • Urina I
As informações são apenas uma orientação geral, a pessoa indicada para orientar corretamente é o seu médico assistente (reumatologistas).
Texto adaptado de Arthritis Research UK e Bulas. Med

Artigos Relacionados

Perda da visão é uma das complicações mais temidas pelos pacientes com diabetes

Priscila Torres

Nova droga para artrite reumatoide ajuda quem não responde ao tratamento tradicional

Priscila Torres

Os remédios do Futuro

Priscila Torres
Loading...