Células-tronco estão sendo usadas contra artrose no joelho

A Pontifica Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) está testando o implante de células-tronco no joelho para tratar a artrose, doença degenerativa que desgasta a cartilagem das articulações.

As células usadas estão sendo retiradas do corpo do paciente e depois cultivadas em laboratório. Os três pacientes que participaram da pesquisa inicial tiveram 85% de melhora na dor depois de seis meses de aplicação. As células-tronco utilizadas são de melhor qualidade e maior número, o que garante a eficácia do resultado. O uso da nova técnica pode vir a evitar o uso de próteses no joelho, que é o tratamento mais comum que até então vem sendo usado no tratamento da artrose. Existe ainda a cirurgia de microfratura, em que são realizados pequenos buracos no osso próximo a cartilagem danificada pela artrose, a fim de liberar as células-tronco presentes na medula óssea e para promover a regeneração da cartilagem. Esse tratamento, no entanto, é mais indicado para lesões menores, em vista do número de células-tronco que são liberadas ser pequeno.

Comentário:

Super interessante essa pesquisa, 85% de dor a menos, significa uma grande recuperação da qualidade de vida, evitar a colocação de prótese de joelho significa uma grande economia aos cofres públicos, e ficamos na expectativa dessa pesquisa ser levada para todos, pois quem tem Artrose sabe o quanto dói e o quanto limita a nossa vida ter uma dor constante nos joelhos.

Fonte: Grupo A Tarde – Uol

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));