Depoimentos

Ter paciência – Carpe Diem

Meu primeiro sintoma foi no joelho esquerdo, quando eu tinha 13 anos de idade e logo foi se espalhando por todas as articulações do corpo. Hoje tenho 31 anos e várias deformidades pelo corpo, principalmente nos braços e mãos.

Já fui operado em ambos os olhos de catarata e não posso mais tomar anti-inflamatórios, pois já causaram lesões significativas em ambos dos rins.

Meu nome é Antonio, sou eletricista, moro em Alfenas – Minas Gerais.

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!

Related posts

Haverá momentos de muitas dificuldades, mas dias melhores virão

Priscila Torres

Nathália de Oliveira e o diagnóstico de artrite de sua filha ainda bebê

Priscila Torres

O sonho nos dá, aquilo que a artrite nos nega!

Priscila Torres
Loading...