Se foi diagnosticado agora, não recuse o tratamento

Não há caminho fácil nisso tudo mas, nossa parte precisamos fazer.Não procurem caminhos alternativos, como eu fiz.

Quero compartilhar com vocês um pouco do que aconteceu comigo. Tenho o diagnóstico de artrite reumatoide desde 2012 e fiz tratamento com cortisona, metrotexato, leflunomida e hidroxicloroquina. Há mais ou menos 3 anos atrás eu interrompi o tratamento e não mais voltei ao médico.

Neste intervalo parei o tratamento e comecei a me automedicar com bastante anti-inflamatórios. Em meados de 2017 a 2018 comecei passar muito mal, era tonteiras, enjoos, perda de peso, muitos linfonodos e fraqueza. Até que no segundo semestre do ano passado eu cheguei ao estado de passar mal todos os dias.

Em setembro do ano passado foi o estopim, fui sem aguentar a uma upa e chegando lá detectaram sódio baixo, potássio baixo e hemoglobina bem baixa. Resumindo fiquei internada 14 dias, tomei duas bolsas de sangue e foram 10 dias só na emergência com oxigênio por causa de uma pneumonia que peguei na upa. No primeiro dia minha pressão chegou a 6.4.

Os médicos só viam a probabilidade de ser um câncer, devido a quantidade de linfonodos que apareceram na tomografia. Depois de vários exames foi excluído o diagnostico de câncer e ficou provado,que tudo o que eu passei foi resultado da falta de tratamento da artrite reumatoide.

O que eu quero com o meu depoimento é alerta-los sobre a gravidade dessa doença. Não procurem caminhos alternativos, como eu fiz. Sigam seus tratamentos orientados por seus reumatologistas.

Não há caminho fácil nisso tudo mas, nossa parte precisamos fazer. Se foi diagnosticado agora, não recuse o tratamento, não há outro meio, somente seguir o tratamento prescrito por um médico de confiança.

Se foi diagnosticado agora, não recuse o tratamento!

Meu nome é Silene, tenho 29 anos e moro em Minas Gerais – Betim. 

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, basta preencher o formulário no link 👉http://goo.gl/UwaJQ4

Doe a sua história!❤️

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: