Doenças Reumáticas Notícias

Quando se trata de saúde imunológica, o que comemos é muito importante

O sistema imunológico trabalha continuamente para nos proteger dos patógenos nocivos, como bactérias e vírus. As células imunológicas compõem um dos sistemas mais sofisticados e coordenados do corpo, essencial para a sobrevivência humana.

Com o recente surto do novo corona vírus, tem sido muito comentado a importância de manter uma boa imunidade. Como resultado, muitas informações estão sendo compartilhadas sobre o efeito de alguns alimentos para suporte a imunidade.

Para a nutricionista Adriana Stavro “O que sabemos é que uma alimentação variada, equilibrada, com foco em frutas, verduras, vegetais, carboidratos integrais, proteínas magras, pode fornecer muitas vitaminas e minerais que desempenham papel essencial no apoio ao sistema imune. E não vamos esquecer da importância de manter peso saudável, praticar exercícios físicos regularmente, não fumar, consumir quantidades moderadas de álcool, reduzir o estresse e manter sono adequado.”

Ao mesmo tempo, pesquisas mostram que durante o isolamento, aumentou o consumo de bebida alcóolica e de alimentos ricos em calorias e pobres em nutrientes, além da piora da qualidade do sono. Portanto, se a dieta é deficiente em nutrientes essenciais, melhorar a qualidade da alimentação é fundamental além de diminuir consumo de álcool e dormir adequadamente.

Aqui está uma lista de alimentos ricos em nutrientes conhecidos por serem benéficos no apoio à imunidade.

Segundo a nutricionista, vale lembrar que o sistema imunológico é complexo e incorpora muitos órgãos e funções, e é influenciado não por um alimento ou um nutriente específico, e sim por uma variedade de vitaminas e minerais, combinada com fatores de estilo de vida saudáveis, como sono, exercícios físicos e baixos níveis de estresse.

FRUTAS, VERDURAS E LEGUMES DA ESTAÇÃO

Agosto

  • Frutas: caju, carambola, kiwi, laranja-pera, lima, mexerica, morango e tangerina.
  • Hortaliças/verduras: agrião, alho-poró, brócolis, chicória, coentro, couve, couve-flor, erva-doce, escarola, espinafre, mostarda e rúcula.
  • Legumes: Abóbora, abobrinha, cará, cenoura, ervilha, fava, inhame, mandioca, mandioquinha, nabo, pimentão e rabanete.

Mais sobre Adriana Stavro: Nutricionista Funcional e Fitoterapeuta – Especialista em Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNT) pelo Hospital Israelita Albert Einstein – Mestranda do Nascimento a Adolescência pelo Centro Universitário São Camilo.

Fonte: Assessoria de imprensa.

Related posts

Doença inflamatória intestinal: Causas, sintomas e tratamentos

Priscila Torres

Unidade de Especialidades Odontológicas do Maranhão (Sorrir) oferece serviço de próteses dentárias – Maranhão

Priscila Torres

Pesquisa inédita sobre medicamentos de baixo custo que podem aliviar a dor em casos de artrite reumatoide

Priscila Torres
Loading...