Colunas da Pri Participação Social

Inclusão de um novo tratamento para uveítes no plano de saúde, é tema da consulta pública nº 81 da ANS 

Inclusão de um novo tratamento para uveítes no plano de saúde, é tema da consulta pública nº 81 da ANS 

ANS recebe até o dia 21 de novembro, contribuições para a inclusão do medicamento biológico adalimumabe no plano de saúde para o tratamento da uveítes não infecciosa intermediária posterior ou panuveítes

A uveíte forma um grupo de doenças caracterizadas pela inflamação  da camada média do olho, chamada úvea, ou de uma das suas partes (íris, corpo ciliar ou coroide). A uveíte pode causar redução ou perda da visão e é a terceira causa de cegueira em todo o mundo. Os pacientes adultos com uveíte que não responderam ao tratamento com corticosteroides, ou aqueles para os quais os corticoides não são indicados, precisam de novas opções de tratamento. 

Em atenção a solicitação da Sociedade Brasileira de Uveítes, a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), solicita a opinião de pacientes, médicos e a da sociedade civil em geral a respeito da inclusão da terapia imunobiológica com adalimumabe para o tratamento de uveítes não infecciosa intermediária posterior ou panuveítes com doença ativa devido à resposta inadequada aos corticosteroides ou em adultos com doença inativa que necessitem de redução/retirada de corticosteroides.

Participe, enviando a sua contribuição até o dia 21 de novembro de 2020, para facilitar sua participação, recomendamos seguir o passo a passo descrito abaixo: 

  1. Role a página até encontrar, “Envie o seu comentário”, 
  • Selecione o nome do medicamento – doença.
    Informe se concorda ou discorda da recomendação da ANS de incluir adalimumabe no plano de saúde para tratamento das uveítes.
  • Preencha o campo justificativa e os detalhes de sua experiência com a doença, informando ainda, os motivos pelos quais você acredita ser importante ter acesso a estes medicamentos nos planos de saúde.
  • Clique em incluir comentário, e preencha os campos com os seus dados de identificação.
  1. Envie sua contribuição.

Saiba mais sobre as Uveítes 

Uveíte: doença ocular que pode estar associada a doenças reumáticas e é uma das principais causas de cegueira no mundo

O que é:  Uveíte é uma doença inflamatória que pode comprometer totalmente a úvea ou uma de suas partes (íris, corpo ciliar e coroide). Em alguns casos, a inflamação atinge também o nervo óptico e a retina. A uveíte é classificada em anterior, intermediária e posterior, conforme o segmento ocular em que o distúrbio se manifesta, e pode ocorrer num olho ou nos dois olhos.  Segundo OMS, é a terceira causa de cegueira no mundo, depois do glaucoma e retinopatia diabética. pois pode levar a complicações como catarata, glaucoma, perda progressiva da visão e cegueira.  Pode ocorrer em ambos os sexos, em qualquer idade, mas sabe-se que são mais frequentes em adultos jovens (até 45 anos).

Grupos de Risco: As uveítes podem aparecer em qualquer idade, desde o nascimento até a velhice, e igualmente em ambos os sexos, mas são mais frequentes no adulto jovem.  Sabe-se que pode estar associada a doenças reumáticas, como espondiloartrites, artrite reumatoide e lúpus eritematoso

Causas:  Não se conhece a causa de grande parte das uveítes. Segundo a Sociedade Brasileira de Uveítes, as doenças autoimunes são a causa mais comum de uveíte anterior no Brasil, enquanto toxoplasmose é a causa mais comum de uveíte posterior.

Sintomas: Hiperemia (olho vermelho); Fotofobia (sensibilidade à luz); Dor; Visão turva, embaçada; Pequenos pontos escuros que se movimentam.

Diagnóstico:  Olho vermelho e dor são sintomas comuns nos quadros de uveítes e conjuntivites.  Estabelecer o diagnóstico diferencial é de extrema importância, uma vez que as uveítes, quando não tratadas, podem comprometer a visão definitivamente.

O diagnóstico diferencial também é importante para determinar as enfermidades sistêmicas, reumatológicas ou neoplasias que podem ser a causa primária de graves alterações oculares.

Tratamento: A conduta terapêutica varia de acordo com a causa das uveítes e pode exigir a orientação do oftalmologista e de um especialista na doença de base, pois o tratamento ocular promove apenas o alívio dos sintomas, se a causa primária não for resolvida. 

Sobre a Consulta Pública nº 81 da ANS 

O Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde define a cobertura obrigatória para todos os planos de saúde no Brasil, atualmente o rol é composto por uma lista de 3.336 itens, que garante, o tratamento das doenças e condições em saúde, que constam na Classificação Internacional de Doenças (CID-10).   

O Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde é atualizado pela ANS, a cada 2 anos, neste ciclo 2019-2020 foram realizadas 27 reuniões, onde foram realizadas a apreciação inicial das 185 tecnologias em consulta pública. As reuniões para atualização do ROL da ANS, fazem parte de um processo democrático que conta com  a participação dos autores das propostas de incorporações, operadoras de saúde e dos membros da Câmara de Saúde Suplementar (CAMSS). 

Participe da consulta pública e deixe a sua contribuição para a ampliação do acesso nos planos de saúde.
http://www.ans.gov.br/participacao-da-sociedade/consultas-e-participacoes-publicas/consulta-publica-n-81-atualizacao-do-rol-de-procedimentos-e-eventos-em-saude-ciclo-2019-2020 

RE_216_Adalimumabe_Uveite

Referências:

    1. Rosenbaum JT, Bodaghi B, Couto C, et al. New observations and emerging ideas in diagnosis and management of non-infectious uveitis: A review. Semin Arthritis Rheum. 2019 Dec;49(3):438-445
    2. Jaffe GJ, Dick AD, Brézin AP, et al. N Engl J Med. 2016:8;375:932-43.
    3. Jabs DA, Rosenbaum JT, Foster CS, et al. Am J Ophthalmol. 2000 Oct;130(4):492-513. 

Artigos Relacionados

Ministério da Saúde abre consulta pública sobre o protocolo de tratamento de Artrite Psoriásica

Priscila Torres

Direitos dos pacientes com espondiloartrites

Priscila Torres

Iniciativa BlogAR Mãos talentosas

Priscila Torres