Fortalecendo suas articulações

Fortalecendo suas articulações  – Exercício pode manter articulações fortes Ficar ativo fortalece os músculos que sustentam suas articulações e os faz absorver melhor o impacto 

Fortalecendo suas articulações 

O exercício ajuda a manter as articulações flexíveis e fortes. Ele também pode ajudar a perder peso, o que leva a diminuir a pressão e  dores nas articulações. Cada quilo que você perde diminui cerca de 4 quilos de pressão sobre seus joelhos e 6 sobre seus quadris. Antes de iniciar  atividade física, pergunte ao seu médico quais as opções indicadas para seu estado, para que você possa fazer com segurança.

Fortalecendo suas articulações: O aquecimento

Aqueça com movimentos suaves preparando  seu corpo para o treino. Exercícios suaves, tais como encolher os ombros, movimentar cada articulação que será utilizada no exercício principal, círculos com os braços, caminhada. Lembre-se, não deve haver dor nos exercícios.

Escolhendo a atividade

Ficar ativo fortalece os músculos que sustentam suas articulações e os faz absorver melhor o impacto. O exercício aeróbio (cardio) ajuda o músculo mais importante: seu coração. Você deve exercitar ao menos 30 minutos diariamente, comece a pensar sobre o quais atividades são melhores  para você, natação, tênis, basquete, dança ou qualquer outra coisa que você goste.

Ficando forte

Exercícios de fortalecimento, como treinamento de peso ajuda a construir os músculos que sustentam suas articulações. Você pode usar pesos, borrachas, ou até mesmo uma garrafa de água de 1 litro. Comece com pesos que você pode levantar 12 a 15 vezes, sem curvar ou mudar sua postura. Fale com um professor certificado, de preferência que conheça sua doença e suas limitações para ajudar a projetar o melhor programa de fortalecimento para você.

Ouça o seu corpo

Ouça o seu corpo e conheça  seus limites. O exercício deve desafiá-lo, mas ele não deve causar dor. Se você tem alguma dor muscular leve depois de iniciar um novo exercício, isso é normal. No entanto, se ele dura mais de dois dias converse com seu professor. Se você tiver qualquer dor duradoura, consulte o seu médico.

Fonte: Espondilite Brasil 

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: