Fé em Deus ele sabe de todas as coisas

As pessoas acham que é frescura, então aprendi a guardar para mim. Resolvi viver um dia de cada vez.

Sempre tive dores no joelhos, tenho condromalacea patelar, fazia academia  e acupuntura para fortalecimento muscular, porém não obtive muitos resultados. Até que certo dia, estava trabalhando e comecei a sentir dores no tornozelo e punhos,  achei estranho e deixei pra lá, como eu tomava remédios para os joelhos, as dores da artrite foram sendo camufladas, e assim a vida seguia.

Depois de 6 meses, com dores mais intensas e persistentes, tive a ideia de procurar um reumatologista que solicitou vários exames de sangue e imagem, e não deu outra, era artrite reumatoide o motivo de dores que somente sabe quem sente.

Afinal, o que era artrite reumatoide? pesquisei muito e descobri tudo sobre a doença, iniciei tratamento com reuquinol e nada, comecei então a tomar 7 comprimidos de metotrexato associado ao medicamento biológico certolizumabe pegol. Quero engravidar, mas a médica sugeriu que aguardasse a estabilização da inflamação que estava muito alta e assim estou fazendo.Se tudo der certo, começo a tentar engravidar no que vem.

Fácil? não é nunca será, às vezes me sinto triste com a doença, por muitas vezes choro sozinha, as pessoas acham que é frescura, então aprendi a guardar para mim. Resolvi viver um dia de cada vez

Sou a Lígia, tenho 35 anos, moro em São Paulo e convivo com artrite reumatoide há 1 ano e 5 meses.

Dor Compartilhada é Dor Diminuída“, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença! É super simples, basta preencher o formulário no link:https://goo.gl/UwaJQ4

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));