Depoimentos

Fé, coragem e amor!

Eu tinha 5 anos quando fui diagnosticada com Artrite Idiopática Juvenil, e na época era uma doença totalmente desconhecida e sem tratamento específico no Brasil. Todos os medicamentos existente eram da Europa ou dos EUA, e eram proibidos entrar no Brasil, mas graças à Deus conseguimos importar os medicamentos com a ajuda de amigos e da empresa que meu pai trabalhava na época.

Nunca foi fácil, pois o tratamento sempre foi muito agressivo, as reações fortes e adversas, fiquei alguns anos sem andar. Tive que reaprender tudo, como por exemplo, me vestir, comer, andar etc.

Hoje estou com 42 anos, e sou completamente deformada, todas as minhas juntas são comprometidas, mas nada disso tira minha alegria de viver, e nada disso me impede de levar uma vida relativamente “normal”.

Nós somos mais fortes do que essa doença.

Meu nome é Samanta, tenho 42 anos, convivo com a Artrite Idiopática Juvenil há 38 anos, sou Analista de sistemas e moro em São Bernardo do Campo-SP

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!❤

Artigos Relacionados

Eu creio no meu milagre!

Priscila Torres

Apesar de ter que ouvir que eu brinco de ficar doente, eu não me abalo

Priscila Torres

Não há mal que sempre dure, nem bem que se não acabe

Priscila Torres
Loading...