Depoimentos

Fé, coragem e amor!

Eu tinha 5 anos quando fui diagnosticada com Artrite Idiopática Juvenil, e na época era uma doença totalmente desconhecida e sem tratamento específico no Brasil. Todos os medicamentos existente eram da Europa ou dos EUA, e eram proibidos entrar no Brasil, mas graças à Deus conseguimos importar os medicamentos com a ajuda de amigos e da empresa que meu pai trabalhava na época.

Nunca foi fácil, pois o tratamento sempre foi muito agressivo, as reações fortes e adversas, fiquei alguns anos sem andar. Tive que reaprender tudo, como por exemplo, me vestir, comer, andar etc.

Hoje estou com 42 anos, e sou completamente deformada, todas as minhas juntas são comprometidas, mas nada disso tira minha alegria de viver, e nada disso me impede de levar uma vida relativamente “normal”.

Nós somos mais fortes do que essa doença.

Meu nome é Samanta, tenho 42 anos, convivo com a Artrite Idiopática Juvenil há 38 anos, sou Analista de sistemas e moro em São Bernardo do Campo-SP

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!❤

Related posts

Foi uma alegria finalmente saber o que era, mas uma tristeza também

Priscila Torres

Todo carnaval tem seu fim

Priscila Torres

Não vou dizer que aceito, mas levo a vida da melhor maneira

Priscila Torres
Loading...