As advogadas Carolina Centeno de Souza e Priscila Arraes Reino, especialistas em direito previdenciário, debateram com pacientes de EspondiloArtrites, profissionais de saúde, estagiários e grupos de pacientes de todo o país os direitos das pessoas com doenças graves, sem Sessão Solene na Câmara Municipal de São Paulo.

A Espondilite Anquilosante é uma doença reumática que afeta coluna, articulações periféricas, bacia e membros inferiores. Estima-se que atinja uma entre 200 pessoas manifeste a doença.

Em seu estágio mais grave pode levar a quadros de invalidez permanente. É uma das doenças consideradas graves para fins de benefícios sem carência e que têm direito a aposentadoria por invalidez.

Leia mais: Doença grave, aposentadoria e direitos

Leia mais: Lei da MP 871 impacta a espondilite e doenças graves

Leia mais: Espondilite e as vagas para deficientes

Fonte: Arraes Centeno & Penteado

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.