Notícias

Ver seu sorriso, é a maior graça que eu poderia receber

Essa é Maria Vitória minha filha e agora uma criança cheia de vida e sorrisos que ama dançar e que convive com AIJ (Artrite Idiopática Juvenil) desde os 5 anos.

Hoje ela tem 9 anos e foram exatos 6 meses até o diagnóstico e início do tratamento, estamos caminhando rumo a remissão e logo vamos conseguir tenho fé.

Quem a vê hoje, não imagina o que ela passou e quão forte ela é. Porque não era eu que lhe dava força e sim ela que não deixava eu enfraquecer sempre me dizia: “mamãe não chora eu vou ficar boa.” Hoje ver ela bem, ver seu sorriso, pra quem muito chorou de dor é a maior graça que eu poderia receber.

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!

Related posts

Depressão, a “falta de futuro” e a abordagem da Medicina Integrativa

Priscila Torres

Fundação de Medicina Tropical oferece vacina gratuita contra pneumonia

Priscila Torres

Mitos e verdades da reumatologia

Priscila Torres
Loading...