Dia sim… dia não!!! Eu tenho artrite reumatoide

Uns dias de cama, de injeções para dores, dores insuportáveis e alma despedaçada.

Sensação de impotência diante da vida.
Tantas coisas para fazer, trabalho, filhos, casa.
Um dia lindo lá pelo lado de fora da janela. Pessoas passeiam, trabalham, se divertem, tem energia.

E nós… Bom nós rezamos pros dias ruins passarem rápido e para termos forças para aguentar tudo sem causar muito estresse a quem está perto.

Oba! acabaram os dias ruins! Foram de quatro a dez dias (talvez menos, talvez mais)… Mas hoje a dor foi embora! Vou trabalhar, limpar a casa, levar os filhos para passear, visitar mãe e pai, ir no mercado, fazer um churrasco, escutar música e até dançar! Ir em algum aniversário, ou até fazer uma caminhada. Ops….o dia passou tão rápido, a energia dura pouco, a exaustão domina o corpo, mas tenho que aproveitar o máximo que puder…

Amanhã só Deus sabe do meu dia…
Não temos muitos dias produtivos.

Mas quando temos queremos multiplica-los, queremos estica-los. Então sim, vão nos ver mal. Dias depois bem, e sempre será assim, não nos limite mais do que as nossas vidas já são limitadas, se não entendem como vivemos, só saibam que quando estamos bem, realmente estamos bem, mas quando estamos mal, realmente estamos mal!

“Dor com partilhada é dor diminuída”

Depoimento de Karina Matos, postado originalmente no Grupo EncontrAR do Facebook

#Depoimento

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Artigos Relacionados

Não me conformei com a opinião de apenas um médico

Comecei a ter sintomas com 36/37 anos, o médico tratava como LER (Lúpus eritematoso sistêmico) que custou o diagnóstico… Depois passei a tomar anti-inflamatórios...

Judicialização da saúde: como usar a Justiça gratuita contra a SUS

A judicialização da saúde é um fenômeno que cresce a cada dia e esse aumento expressivo se deve a algumas situações.  É verdade que as...

Planejar aposentadoria fica ainda mais difícil na pandemia

Trabalhador deve conhecer sua vida contributiva e as regras da Previdência antes do pedido A pandemia de Covid-19, a crise econômica e a reforma da...