Depoimentos

Devemos confiar em Deus sempre e tudo dará certo!

Tudo começou com infecção de garganta aos 5 anos de idade, com uma forte crise e muitas dores nas articulações e pescoço. Aos 9 anos de idade passei por outra crise forte onde me levou a parar de andar, atrofiando praticamento todas as juntas do corpo.

Nesse período tive 3 vezes desenganada pelos médicos que na época meus pais me levaram em busca de uma esperança e um novo tratamento, após muitas idas e vindas encontraram um reumatologista enviado por Deus, pois assim creio porque era nisso que meus pais confiavam, para que tivesse um tratamento adequado ao meu caso. E graças a Deus tudo foi dando certo com o tratamento.

Com o passar do tempo fui melhorando e aos 14 anos tive que colocar próteses nos quadris para que pudesse voltar a andar. Logo depois coloquei no joelho direito, aos 25 anos coloquei prótese na coluna cervical, pois já estava comprometendo a médula. E á 5 anos coloquei no joelho esquerdo.

Estive em remissão aproximadamente 12 anos e hoje estou lutando outra vez para viver novamente em remissão, mesmo sabendo que ainda esta distante. Hoje luto contra uma neuropatia periférica que tem me impossibilitado em meus movimentos onde não consigo andar sem apoio, mas continuo lutando para voltar a vida normal de antes, mesmo tendo dias que parece chegar ao fim de tudo diante de dores, angustias e aflições.

Mas sei que é questão de tempo e paciência e muita fé para vencer tudo que passamos na vida. Sei e creio que irei viver novamente em remissão, lutarei sempre pra isso!

Tenham sempre fé e confiança que tudo dará certo!

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!

#Depoimento

Anúncios

Related posts

Procurem grupos de auto ajuda e apoio da família.

Priscila Torres

O ruim não é ter AR, o ruim é nossos amigos e familiares não entenderem a doença

Priscila Torres

Lívia Diana #SufferingtheSilence

Priscila Torres
Loading...