Coronavirus Depoimento Depoimentos Minha Vida com AR Video

Coronavírus e artrite reumatoide relato de vida real sobre a importância do diagnóstico precoce e intervenção médica no tempo certo

O Coronavírus, uma mesma doença complexa, com sintomas variáveis e complicações silenciosas: pneumonia sem febre 

Compartilho um pouco da nossa jornada familiar de convivência e superação do coronavírus, desde a semana do dia 20 de junho fomos contaminados e tivemos 7 casos confirmados pelo teste PCR (do cotonete), incluindo eu, que convivo com artrite reumatoide, sou usuária de medicamento biológico (tocilizumabe), e uma criança de 9 anos que tem asma e foi totalmente assintomática.

Estamos na terceira semana de sintomas, por aqui todos melhoraram consideravelmente, minha mãe que ficou grave, está concluiu seu tratamento, todos os outros membros da família saíram do isolamento social, voltando para o distanciamento social. No entanto, desde o dia 6 de julho, descobrimos que mesmo sem febre e tosse, evolui para uma pneumonia viral por coronavírus, com 25% de vidro fosco na tomografia de tórax, sendo iniciado o uso de medicamento corticoide (dexametasona 4 mg).

Os sintomas de alerta que levaram a realização da tomografia foram:

  • Taquicardia
  • Calafrios e frio mais intenso nos pés e mãos
  • Desconforto respiratório aos esforços.

Com exames de controle, descobrimos ainda desenvolvi os anticorpos do covid19, porém, eu ainda tenho a doença coronavírus ativa e devo ser mantida em isolamento social por mais 14 dias. Nestes exames, foram constatado uma discreta elevação das enzimas hepáticas, que podem ter sido causadas pelo uso contínuo de dipirona 1 grama, pois já somam exatas 3 semanas que tenho dor de cabeça tipo enxaqueca todos os dias, acompanhadas por mialgia (dor muscular) e fadiga.

Apesar de tudo, estou evoluindo bem e seguimos em segurança, nos cuidando e lutando contra um sistema de saúde suplementar que dificultou consideravelmente a nossa jornada de diagnóstico, monitoramento e tratamento do coronavírus, ficamos com a dura certeza que o vírus é letal, mas um sistema de saúde privado que deveria atuar de forma suplementar ao sistema público, tem facilitado a circulação do vírus, burocratizado o diagnóstico e negligenciado o tratamento, e o rastreamento de pacientes assintomáticos, inviabilizando o adequado isolamento social.

Um conselho para quem tiver problemas com o plano de saúde

📍1° registre o pedido de exames e procedimentos no plano de saúde, solicite e anote os números de protocolos,

📍2° registro a reclamação na Agência Nacional de Saúde Suplementar, anote o protocolo 👉http://www.ans.gov.br/planos-de-saude-e-operadoras/espaco-do-consumidor/acompanhamento-de-solicitacoes

📍3° faça uma denúncia no Portal Reclame Aqui, para todos os envolvidos de forma individual, primeiro a operadora e segundo o prestador de serviço se tiver acontecido alguma negligência, conte tudo que aconteceu e cite os números de protocolos. 👉 https://www.reclameaqui.com.br/

📍4°denuncie no Procon (que costuma ter uma resposta mais demorada do que o Reclame Aqui).#Procon https://www.procon.sp.gov.br/ ou consulte o procon de ser estado.

Assista o vídeo e entenda um pouco desta jornada.

Resumo: Estou em isolamento social por coronavírus sintomático, com evolução para pneumonia viral por SARS-CoV (COVID-19) com 25% de vidro fosco em ambos os pulmões. Minha família foi contaminada, temos 7 confirmados entre eles uma criança assintomática, estou reagindo bem ao tratamento da pneumonia. Os exames de controle apontam o Covid em atividade, reagi ao anticorpo e desenvolvi uma discreta alteração das enzimas hepáticas.

Sobre os meus sintomas:

  • Dor de cabeça;
  • Fadiga;
  • Calafrios e frio;
  • Taquicardia
  • Discreto desconforto respiratório aos esforços;
  • Conjuntivite viral;
  • Dor de barriga, acompanhada por diarreia;
  • Sem febre.

Repouso x repouso x repouso e não tente não ficar em repouso!

Tratamento:

  • Repouso
  • Tratamento da artrite reumatoide, mantido com biologico Tocilizumabe;
  • Dipirona de 1 grama de horário;
  • Dexametasona de 4 mg;
  • Hyabak colírio;
  • Sem Cloroquina;
  • Sem Azitromicina.

Exames:

  • PCR covid positivo;
  • Tomografia de tórax.
  • Sorologia para covid: IGG e IGM Reagente
  • Hemograma, CPK, Ureia, Creatianina, VHS, PCR, D-Dímero, BTF, TP/INR: normais
  • TGO, TGP, GGT e Bilirrubinas alteradas.

Condutas médicas: orientada pelo meu reumatologista, em 3 semanas de coronavírus fiz uso de 3 doses semanais de tocilizumabe, dipirona de 1 grama e no dia 7 de julho foi introduzido dexametasona 4 mg, 2 vezes ao dia.

Durante esta semana, não vou responder as mensagens individuais, mas sigo dando notícias pelo menos 1 vez ao dia por aqui.

Se puder, fique em casa e se precisar sair usem máscara!

Entenda como foi a chegada do coronavírus na minha família, assistindo ao vídeo da live transmitida no dia 30 de junho de 2020:

*****

Entenda como o Coronavírus está se manifestando em pacientes reumáticos, com a explicação das reumatologistas, Gecilmara Salviato Pileggi e Maria Luiza Negrisolli, durante a live transmitida no dia 2 de julho de 2020:

Confira, as informações seguras sobre coronavírus e pacientes reumáticos, desenvolvido pela Sociedade Brasileira de Reumatologia: https://artritereumatoide.blog.br/14-fatos-importantes-que-todo-paciente-reumatico-deve-saber-sobre-o-novo-coronavirus-explicados-pela-sociedade-brasileira-de-reumatologia/

 

Anúncios

Related posts

Tinha muitas dores no corpo que eram tratadas como fibromialgia

Priscila Torres

Entrei em desespero ao ver minha filha tão pequena com essas dores

Priscila Torres

Podemos superar as dificuldades tendo força e fé

Priscila Torres
Loading...