Artrite me ensinou a superAR – hoje mais que ontem e menos que amanhã

A limitação física é superável, mas a dor social, do desprezo, da ignorância e do descrédito na dor que não se vê, essa é a pior limitação de uma pessoa com AR.

This is a private page. To make it public, edit it and change the visibility.

[wdi_feed id=”1″]

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));