Efeitos colaterais de medicamentos, o que devemos fazer?

Uso de medicamentos riscos e benefícios!? A Farmacovigilância existe para controlar às Reações Adversas a Medicamentos (RAM), ou seja, devemos comunicar ao médico, a ANVISA e ao fabricante, sobre toda e qualquer reação adversa a medicamentos, pois, depois que um medicamento começa a ser vendido a única forma de avaliar os efeitos adversos pós registro é através da #Farmacovigilância com #NotificaçãoAAnvisaSe nós pacientes aceitamos todo

 efeito colateral como “normal”, não haverá segurança de uso e nem registros que possam dizer quais são os efeitos colaterais que apareceram e não estavam previstos no momento do registro.

Então, se você está cheio de efeitos colaterais é hora de conversar com o médico e registrar o seu evento adverso na ANVISA.

A Anvisa mantém um site para receber reclamações feitas pela sociedade (pacientes) esse programa se chama #NotivisaCidadão – anote e notifique 

#Notivisa- http://www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/cadastro.htm 

Durante o 10° Foro Alianza Latina, o farmacêutico Francisco José Cardozo, apresentou uma palestra de imersão aos conceitos e importância da #Farmacovigilância 

#ForoAl #ForoAlianzaLatina #Capacitação #Artrite #ArtriteReumatoide #Arthritis #BlogAR #EncontrAR #Grupar 

Jornalista

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

×
Jornalista Grupar EncontrAR

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!