Cadê os novos medicamentos para o Tratamento da Artrite Reumatoide?

Em 2011, lançamos neste blog a campanha pela atualização do Protocolo Clínico da Artrite Reumatoide e por melhores e maiores campanhas socioeducativas do Ministério da Saúde para conscientização sobre a Artrite Reumatoide e as doenças reumáticas. Nessa ocasião a campanha se chamava “TwittAR” e desde 2012 seguimos esperando a promessa do Ministério da Saúde de incorporar e atualizar o Protocolo Clínico de tratamento da Artrite Reumatoide no Brasil.Em junho de 2012, Ministério da Saúde publicou a “Consulta Pública” de incorporação de 6 novos medicamentos biológicos (alto custo, que pacientes brasileiros não podem pagar) no departamento chamado CONITEC do Ministério da Saúde. Em fevereiro de 2013, abriu-se uma nova “Consulta Publica” para a atualização do protocolo de tratamento (denominado PCDT), e como prazo para publicação deste novo protocolo temos o prazo de até 180 dias (à partir de 15/03/2013).

TwittaAR_voltou

Nosso grande dilema, está justamente nos prazos, hoje o diagnóstico da Artrite Reumatoide no Brasil, pode levar de 3 a 5 anos (isso quando o doente consegue médico reumatologista ou clinico generalista que faça o diagnóstico), após o diagnóstico, a pessoa com artrite reumatoide no Brasil, tem seu tratamento medicamentoso orientado pelo protocolo de tratamento do Ministério da Saúde, porém, este protocolo com consensos médicos, indicam uma série de medicamentos que são manejados na tentativa de buscar o controle da doença, porém, nem sempre medicamentos sintéticos (exemplo, comprimidos imunussupressores, corticoides,etc), conseguem controlar a doença. Muitos doentes de Artrite Reumatoide necessitam de novos e inovadores medicamentos biotecnológicos, os chamados “Medicamentos Biológicos” e para cumprir toda a escala de tentativas de acertos no tratamento medicamentoso da Artrite Reumatoide do Ministério da Saúde, a pessoa, toma vários e vários medicamentos, levando em média 5 ou até 7 anos para ter a indicação de medicamento biológico, e então vem a grande perda de qualidade de vida de muitos brasileiros com Artrite Reumatoide.

  • Acesso ao médico reumatologista: de 3 a 5 anos após sintomas da Artrite Reumatoide (qdo tem o especialista)
  • Chegar ao medicamento biotecnológico: de 5 a 7 anos ( quando se tem a indicação médica e nem todos os pacientes de AR tem indicação clínica)

Retrato do Doente com Artrite Reumatoide que espera por uma nova tecnologia medicamentosa: Doente com doença em atividade ou fora do controle, que fica tentando medicamentos que já se mostram ineficientes. Gerando pessoas com artrite reumatoide, que necessitam de próteses de joelho ou quadril, que são afastadas permanentemente do trabalho ou que experimentam longos anos em auxílio doença, onerando o sistema econômico do Brasil.

Bruta queda da qualidade de vida e grande número de pessoas deprimidas e isoladas do convívio social, e isso gente, para a pessoa que vive com isso, não existe dinheiro no mundo que possa pagar!

Por sermos conhecedor da angústia de quem espera por esses novos medicamentos é que estamos retomando a campanha TwittAR, porque o Gigante da Artrite Reumatoide nunca dormiu!!!

Nossos marcadores são:

#Artrite Não #Espera #Dor não tem #Hora Publicação do #PCD_AR

E os demais, ficam por conta de toda a nação @_EncontrAR

Nosso Twitter Oficial  @_EncontrAR

Twitter para @minsaude @padilhando @InstitucionalMS

Primeiros twitters:

O Twittar Acordou @minsaude cadê os novos medicamentos para #Artrite Reumatoide? @padilhando @InstitucionalMS

@minsaude Quanto tempo ainda temos que esperar? pela atualização do #PCDT da #Artrite Reumatoide? @padilhando

Esperamos por vocês!!!

Conheça o caminho da Atualização do Protocolo Clínico da Artrite Reumatoide

PCDT_AR

Faça parte desta campanha!! Conte pro Ministério da Saúde a Evidência de quem vive com Artrite Reumatoide!! As redes sociais do Ministério da Saúde são canais democráticos para participação popular! 

Manifesto_Twittar

 

Jornalista
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
×
Jornalista Grupar EncontrAR
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
Anúncios

Comentário

comentários

13 Comentários

  1. Indignada com o tratamento sintético, os biológicos ultrapassados, INFLEXIMABE, ENTENERCEPTE, HOMURA.Sei que surgiram novos tratamentos.
    Só uma palavra denife:
    HÁ ESPERA DE UM MILAGRE.

  2. Esperei quase dez anos para fecharem um diagnóstico de AR;fico indignada com o despreparo de certos médicos que dizem vc não tem nada; passei por isso e só fui diagnosticada há +- 4 anos, já com deformações irreversíveis.

  3. Vamos nos unir para ter acesso a medicamentos que possam melhorar nossa qualidade de vida. Contem comigo

  4. Gostaria de participar desta campanha para conseguir ter acesso aos novos tratamentos da AR, e saber mais sobre estes medicamentos Biologicos, será que todos portadores de AR poderemos fazer uso!

  5. olá ,então por mais que alguns pacientes tem a indicação destes remédios biológicos, como eu tenho e muito difícil o estado liberar pois estou aguardando quase 1 ano, acabei desistindo e comecei a fazer tratamento , infelizmente esse e nosso brasil!

    • Eliana, algo muito grave deve ter acontecido com a sua solicitação de medicamento biológico, pois em média quando demora o prazo aceitável para aprovação é 30 dias. Você deu entrada em uma farmácia de alto custo ou em processo judicial?

Olá, deixe um comentário!