Artrite Reumatoide Notícias

Você sabe a diferença entre artrose e artrite reumatoide?

Antes de começarmos a falar sobre os sintomas e possíveis tratamentos para estas doenças é importante explicar a diferença entre artrose e artrite reumatoide.

Artrose é provocada pela degeneração das articulações que um tecido que protege os ossos, na maioria das vezes ela é causada pelo envelhecimento natural.

Já a Artrite Reumatoide (AR) ocorre quando o próprio corpo ataca as membranas sinoviais das articulações e em casos mais graves costuma afetar órgãos internos. Ambas enfermidades são inflamatórias.

ARTROSE:

Além do envelhecimento, a artrose pode ser causada por outros motivos. São eles:

  • Traumas como pancadas e fraturas que danificam a articulação;
  • Praticar esportes que exigem movimentos repetitivos de determinadas articulações;
  • Atividades relacionadas ao trabalho diário que costumam sobrecarregar as articulações;
  • Levantar objetos pesados aplicando muita força na articulação do joelho;
  • Obesidade.

ARTRITE REUMATOIDE (AR):

Ainda não se sabe o principal motivo do surgimento da doença, porém pacientes que têm a doença no seu histórico familiar possuem mais chances de ter AR. Entretanto, acredita-se que os vírus, bactérias e até o tabagismo podem facilitar seu aparecimento.

A doença acomete ambos os sexos, porém as mulheres têm duas vezes mais chances de desenvolvê-la.

Os sintomas de ambas as doenças são:

  • Dor;
  • Dificuldade ao fazer movimentos com a articulações;
  • Vermelhidão;
  • Inchaço;
  • Deformidade na articulação;
    (Na maioria dos casos de Artrite Reumatoide, a dificuldade de movimentação acontece pela da manhã por um período de 20 minutos. O paciente de AR também pode experienciar fadiga)

O tratamento se dá a partir de repouso e do uso de analgésicos, anti-inflamatórios, fisioterapia para evitar a perda da mobilidade.

MAS QUAIS OS CUIDADOS QUE UM PACIENTE QUE SOFREM DESTAS PATOLOGIAS DEVEM TER?

  • Aplique compressas quentes para aliviar a sensação de rigidez;
  • Evitar aplicar sobrecarga nas articulações afetadas;
  • Praticar exercícios (com a supervisão de um profissional que entende de seu problema médico);
  • Manter uma alimentação saudável e tentar controlar o peso corporal.
  • Por fim, caso identifique-se com algum destes sintomas elencados no texto procure o auxílio de um especialista na área da saúde.

Fonte: Dr. Daniel Souto Ortopedia

Artigos Relacionados

Pesquisa da USP “busca voluntários” para tratar pessoas com dor lombar

Priscila Torres

Autocuidado nas festas de final de ano

Priscila Torres

Pesquisadores de SP criam vacina que pode evitar febre reumática

Priscila Torres
Loading...