Notícias

É possível prevenir a artrite?

Alguns fatores de risco para a Artrite Reumatoide (AR) infelizmente não podem ser alterados tais como a idade, o histórico familiar e o gênero, já que as mulheres são 2x mais propensas que os homens a desenvolver a AR.⠀

No entanto, existem alguns comportamentos que podem reduzir a probabilidade de desenvolver AR em indivíduos em risco e que trazem benefícios gerais à saúde como:⠀

– Cessação do tabagismo⠀
– Manter uma dieta saudável e equilibrada⠀
– Evitar o sobrepeso e obesidade⠀
– Praticar atividade física regular⠀
– Manter uma boa higiene dental⠀

Os estudos em torno da prevenção da artrite reumatoide são animadores, porém, ainda são novos e precisam ser amadurecidos, mas algumas análises já sugerem que vários anos antes da doença se instalar por completo, ocorre aumento de substâncias associadas à artrite. ⠀

A pessoa não percebe nenhum sintoma, mas em resumo, a ideia seria “atacar” essas substâncias com tratamentos específicos.⠀

Apesar de novo, a tendência é que o conceito evolua nos próximos anos. Afinal, na medicina, sobretudo a reumatologia tem trabalhado muito em pesquisas e estudos científicos para desmitificar a artrite reumatoide.⠀

Já para quem sofre com a doença, acho muito importante informar que é possível controlar os seus efeitos. Mas para isso, é fundamental buscar a orientação e o acompanhamento regular de um reumatologista. Não dá para ignorar a doença!⠀

Infelizmente, dados demonstram que, 77% dos pacientes esquecem de tomar a medicação, 45% reduzem as doses sem orientação e 25% deixam de tomar os remédios. É indispensável fazer o tratamento corretamente, pois é uma forma de amenizar os sintomas, garantir a qualidade de vida e impedir a progressão da doença.⠀

Dra. Rebeka Paulo | Reumatologista| CRM 148245⠀

#REPOST @drarebekapaulo

Related posts

Audiência Pública: Grupo de trabalho – regulação da intercambialidade

Priscila Torres

Treino para melhorar a resistência e proteger as articulações

Priscila Torres

Doenças crônicas: do que as mulheres sofrem?

Priscila Torres
Loading...