Depoimentos

Um dia de cada vez

Bem, tudo começou em fevereiro de 2018 com muitas dores nas articulações , fui parar no hospítal por 04 vezes totalmente travada, sem poder abrir a porta do carro, pentear cabelo, escovar os dentes, ou segurar um copo, o diagnóstico foi demorado após 01 ano

Passei por 04 médicos, faço tratamento, com metotrexato e corticoide, por conta da doença adquiri síndrome do pânico (estou em tratamento), mudei meus hábitos alimentares, e faço pilates pois na academia tive problemas.

Precisamos ter muita fé, coragem e determinação para enfrentar a AR.

Meu nome é Dinha, tenho 51 anos, convivo com o diagnóstico de artrite reumatoide há 2  anos, sou Encarregada de Departamento Pessoal e moro em Rio de Janeiro – RJ.

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!

#depoimento

Related posts

Thaís Siqueira, conta como convive como Artrite Reumatoide!

Priscila Torres

Estou na luta para acabar com este mal que não tem fim: artrite reumatoide soronegativa, oligoartrite, poliatrite, sacroileite, síndrome de reiter!

Priscila Torres

Ninguém acreditava quando eu dizia que minhas dores eram insuportáveis

Priscila Torres
Loading...