Tocilizumabe: possibilidade no coronavírus, que está colocando em risco o tratamento da artrite reumatoide

2
149

Apliquei a minha última dose de tocilizumabe e à partir de hoje, faço parte da lista dos pacientes que estão sem medicamento e sem prazos para regularização

Com tocilizumabe atingimos o alvo mais alto do tratamento da artrite reumatoide – a remissão, que hoje encontra-se ameaçada pela falta do medicamento que vem sendo usado no tratamento do coronavírus.

 

O último fornecimento, aconteceu na última semana do mês de fevereiro, nesta segunda-feira, 05 de março. Na semana do dia 22 de março, deveria ter recebido a caixa do mês, porém devido a falta no mercado privado, a administradora do fornecimento pelo plano de saúde (4bio), alegando não encontrar o medicamento para comprar, não realizou e entrega. Devido a ausência de resposta de ambos, fiz a abertura de uma notificação (NIP) no Disque ANS e o prazo para o plano de saúde responder é de 10 dias úteis, ou seja, devo esperar sem medicamento até o dia 13 de abril.

Sabemos que para o tratamento do coronavírus, o uso de tocilizumabe é off-label, configurando uma possibilidade, já para os pacientes com artrite, tocilizumabe é uma certeza que vem garantindo a muitos pacientes pediátricos e adultos, alcançar o controle da doença e recuperar a qualidade de vida.

O Ministério da Saúde informa que o abastecimento de tocilizumabe no SUS, está garantido até julho de 2021. No plano de saúde, o desabastecimento tem acontecido desde dezembro de 2020, tornando-se mais evidente à partir de março.

Seguimos confiando no compromisso do fabricante em abastecer o mercado e priorizar o atendimento dos pacientes com doenças imunomediadas, que possuem indicação na bula.

Os pacientes de plano de saúde que estiverem sem receber tocilizumabe, podem registrar uma reclamação no Disque ANS por meio do site: https://www.gov.br/ans/pt-br/canais_atendimento/canais-de-atendimento-ao-consumidor ou discando 0800- 701 – 9656.

Saiba mais sobre o comunicado da Roche sobre Tocilizumabe: https://artritereumatoide.blog.br/abastecimento-e-demanda-de-tocilizumabe-no-mercado-brasileiro/

Situação do fornecimento no SUS: https://artritereumatoide.blog.br/tocilizumabe-pacientes-relatam-falta-nas-farmacias-do-sus-e-ministerio-da-saude-informa-que-o-fornecimento-encontra-se-regular/

2 COMENTÁRIOS

    • De uma forma geral, os pacientes reumáticos vão poder ser vacinados contra o coronavírus, quando disponível para vacinação contra covid pelo Ministério da Saúde, os pacientes reumáticos precisam ter uma orientação de seu reumatologista, sobre a programação da vacina contra coronavírus.

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.