Depoimentos

Tenho fé que Deus está me ajudando muito a superar essa nova fase da minha vida

Há quatro anos atras, era em um fim de ano, acordei e não consegui levantar da cama, sentia uma dor insuportável, nem andar eu conseguia, então meu ex-marido me vestiu e me levou ao pronto socorro, chegando lá me medicaram e encaminharam para o reumatologista, como na minha cidade não tem, tive que aguardar para ir em outra cidade. Chegando lá o médico disse que eu estava com fibromialgia, me passou vários exames, só que a dor não melhorava, então procurei outro médico que disse que eu estava com lúpus devido meu Fan estar positivo, então usei medicamentos por mais de um ano que não resolveram nada.

Procurei outro médico, e esse disse que eu estava com artrite reumatoide, nesse período engordei 13 quilos, estava muito inchada, ele tirou vários medicamentos que foram receitados por outros médicos. Eu usava metotrexato, leflunomida e omeprazol, e fiquei bem por um bom período. Enquanto eu passava por tudo isso meu marido arrumou uma amante e eu voltei a passar mal, usava mais medicamentos para dormir, para depressão. Estava bem com o uso do certolizumabe pegol, só que acabei tendo alergias com erupções e tive que suspender o uso, hoje tomo só ibuprofeno, mas estou com muita dor, não consigo trabalhar, nem ir para faculdade, mas creio que vai dar certo, eu tenho fé que Deus está me ajudando muito a superar essa nova fase da minha vida.

Me chamo Elisete Calixto, tenho 46 anos, sou técnica em enfermagem, convivo com a artrite reumatoide há 4 anos, moro na cidade de Catalão – GO.

Dor Compartilhada é Dor Diminuída“, conte a sua históriae entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

“Conte a sua História”

www.artritereumatoide.blog.br/conte-a-sua-historia/
Doe a sua história!

Artigos Relacionados

Com a promessa de Deus vivo um dia após o outro

Priscila Torres

Hoje posso dizer que vivo um dia de cada vez

Priscila Torres

Quem vai me amar sabendo de tudo que sinto?

Priscila Torres
Loading...