Sindrome do Túnel do Carpo

É uma neuropatia que surge da compressão de um nervo mediano entre o punho e o antebraço. A Lesão do Esforço Repetitivo (L.E.R) é a principal causa da doença, e é gerada por movimentos repetidos muitas vezes como digitar, por exemplo. Pode ser motivada também por traumas (quedas ou fraturas), doenças inflamatórias como a artrite reumatoide, doenças da tireóide, diabetes e o uso de alguns medicamentos.

Sintomas
O principal sintoma da Síndrome do Túnel do Carpo é chamado de parestesia, uma sensação de formigamento e dormência nas mãos, que ocorre principalmente à noite ou pela manhã. O paciente pode sentir fraqueza nas mãos e dificuldade de pegar objetos.

Diagnóstico
Para diagnosticar a síndrome é necessário o exame físico das mãos e punhos e realizar alguns testes para desencadear a presença da queixa de formigamento nas mãos.

O ultrassom é um exame complementar importante para determinar o tamanho do nervo mediano e identificar a presença da inflamação.

Em alguns casos, o especialista poderá pedir uma eletromiografia para confirmar o diagnóstico. Esse teste avalia a atividade elétrica dos músculos quando eles se contraem e quando estão em repouso.

Tratamento
O método de tratamento da doença varia de acordo com o grau em que ela se encontra. Se for leve, imobilizar o pulso com órteses (talas) e fazer uso de anti-inflamatório é suficiente e pode trazer alívio.

A realização de infiltração com corticóides diminui o processo inflamatório ao redor do nervo com alivio dos sintomas.

Caso seja mais grave é indicada a realização de uma cirurgia. O objetivo é diminuir a pressão sobre o nervo mediano, cortando o ligamento que está causando isso.

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));