Depoimentos

Sem desistir sempre lutarei para uma vida melhor!

Tudo começou aos 7 anos com dores no tornozelo direto, só fui diagnosticada aos 12 anos com artrite reumatoide juvenil e fiz tratamento, mas aos 18 anos parei o tratamento.

Se passaram os anos me casei e tive filhos, nunca tratava o problema, só a dor.
Em 2019 fiquei com a mão direta sem mexer, fortes dores e inchaço, paguei uma consulta com reumatologista particular e ele não me examinou, pediu exames e disse que eu não tinha nada.

Eu fiquei confusa, mas sabia que tinha algo de errado, pois é uma doença autoimune não tem cura.. Procurei o SUS fui encaminhada para uma reumatologista, ela me examinou antes de pedir os exames e já me disse que eu tenho AR e precisava me tratar.

Hoje sigo o tratamento junto com minha reumato que é ótima, ainda não estou 100% mais vou chegar lá!

Me nome é Sil, tenho 43 anos, convivo com o diagnóstico de artrite reumatoide há 31 anos, sou autônoma e moro em Florianópolis-SC.

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!

#depoimento

Artigos Relacionados

Genilson de Lima

Priscila Torres

Me sinto vibrante, mas meu corpo não consegue acompanhar a vida

Priscila Torres

Como doar o seu depoimento para o Blog Artrite Reumatoide?

Priscila Torres
Loading...
%d blogueiros gostam disto: