Notícias

Saiba como prevenir lesões antes de iniciar um plano de atividade física

Ortopedista do Instituto do Joelho HCor alerta para o possível excesso na carga de treinos em busca de resultados imediatos; Início deve ser gradativo, após avaliação médica

Iniciar a prática de alguma atividade física pode trazer benefícios para o corpo e mente. Porém, todo o esforço empenhado pode se tornar um perigo se não for feito de maneira correta, com planejamento, orientação médica e persistência.

De acordo com o Prof. Dr. Rene Adballa, ortopedista e diretor médico do Instituto do Joelho HCor, iniciar exercícios físicos em busca de resultados milagrosos não é a melhor maneira. “Seguir uma orientação correta é o melhor caminho. Isso vale tanto para a parte nutricional quanto para a musculoesquelética. Mas é preciso ter paciência, pois os resultados virão da combinação entre os exercícios e a alimentação, dessa maneira os benefícios para o corpo acontecerão naturalmente”, orienta Dr. Rene.

A prática errada de exercícios é uma das maiores causas de pacientes nas clínicas. O ortopedista acrescenta que, além de ter músculos fortes, eles devem estar equilibrados. “Normalmente a musculatura posterior é 20% mais fraca em relação a anterior, e pode chegar até 40%. Por isso, antes de iniciar qualquer atividade é preciso avaliar como está a musculatura. E isso pode ser feito por meio de uma avaliação isocinética”, comenta o ortopedista.

O teste isocinético é uma análise muscular computadorizada que vai avaliar os possíveis desequilíbrios e déficits musculares que podem levar ao aumento de desgastes prematuros nas articulações (joelho, quadril, ombro, cotovelo, punho, tornozelo e coluna lombar).

“A partir da realização do teste teremos informações sobre força, potência e resistência muscular do paciente, podendo orientar de forma correta qual grupo de músculos deve ser trabalhado e de que maneira”, conclui Dr. Rene.

Dicas importantes

• O ideal é iniciar controlando a alimentação e procurar orientação especializada para qualquer exercício físico. Aqui vão algumas dicas para que a atividade seja prazerosa e segura.

• Antes dos exercícios alongar a musculatura para preparar o corpo para a atividade física.

• Fique atento com os exercícios praticados e procure uma série que melhor se ajuste as suas necessidades para não agredir o sistema musculoesquelético.

• Qualquer atividade deve ser iniciada de maneira gradativa.

• Intercale atividades, por exemplo, musculação com corrida.

• Nas corridas, escolha um calçado adequado, que proteja primordialmente os membros inferiores dos impactos e repetições de movimentos.

• Dê preferência a roupas com tecidos que permitam uma transpiração mais livre.

• Respeite os limites do corpo. Ao primeiro sinal de dor, interrompa os exercícios por 48 horas.

• Caso a dor persista procure o especialista para nova avaliação.

Fonte: Assessoria de Imprensa do HCor.

Related posts

Açafrão da terra: a especiaria de poder antioxidante e anti-inflamatório

Priscila Torres

Dificuldade de acesso a especialista atrasa diagnóstico da artrite reumatoide

Priscila Torres

Fatores genéticos e ambientais podem desencadear doenças autoimunes

Priscila Torres
Loading...