Respeitando meus limites aprendi a viver

Achei que ia morrer de tantas dores, fiquei isolada e não tinha mais alegria, cheguei ao meu limite.

“Vivo a cada dia e estou aprendendo que não tenho poder sobre a AR. Procuro conviver da melhor maneira, respeitando meus limites.”

Iniciei os sintomas com rigidez e dores no pescoço e ombros. Foi se agravando para o corpo todo, punho, tornozelos, dedos, joelhos. Praticamente todo o meu corpo foi acometido pela dor. Nesse período morava em Itu, fiz vários exames e não acusavam nada. Fui a vários especialistas e todos diziam não encontrar nada.

Achei que ia morrer de tantas dores, fiquei isolada e não tinha mais alegria, cheguei ao meu limite. Me mudei para Sorocaba e resolvi voltar a investigar. Após várias tentativas de descobrir meu diagnóstico, várias frustrações, decidi dar um fim a esse sofrimento. Respeitando a minha dor, fui a uma reumatologista.

Finalmente, após muita dor e luta, recebi o meu diagnóstico de artrite reumatoide. No meu exame obtive o fator reumatoide 144. Logo em seguida já iniciei o tratamento com o biológico. Fui até uma farmácia de alto custo, para receber o adalimumabe, que é fornecido gratuitamente pelo SUS. Hoje faço pilates 2 vezes por semana.

As crises diminuíram, mas tenho muita fadiga. Quando tenho muita dor faço repouso, quando a dor cessa procuro ter vida normal. Evito leite, trigo, queijo e soja, pois percebi que tenho crises mais constantes com esses alimentos. Vivo a cada dia e estou aprendendo que não tenho poder sobre a AR.  Procuro conviver da melhor maneira, respeitando meus limites.

Me chamo Katia Alves dos Santos, tenho 52 anos. Convivo com a artrite reumatoide há 4 anos, moro em Sorocaba – SP.

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, basta preencher o formulário no link 👉http://goo.gl/UwaJQ4

Doe a sua história!❤️

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: