Notícias

Primeira turma de Líderes da Saúde do Futuro

No final de novembro foram apresentadas as 39 novas lideranças em saúde formadas pelo programa CBEXs Futuro, do CBEXs (Colégio Brasileiro de Executivos da Saúde). A formatura ocorreu terça-feira, 26, no IEP (Instituto de Ensino e Pesquisa) do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O projeto capacita – em uma formação intensamente qualificada – executivos de até 39 anos de idade para serem líderes da saúde e gerirem o setor no futuro.

O programa consiste em 20 encontros com as principais lideranças contemporâneas da saúde embasados no conceito da IHF (International Hospital Federation), que traça as cinco principais competências do líder da saúde: liderança; comunicação e gestão de relacionamentos; responsabilidade social e profissional; sistema de saúde, e negócios.

Os mentores dos módulos do CBEXs Futuro são profissionais que contam com a experiência necessária para compartilhar todo o seu conhecimento e contribuir para o intuito do projeto. Eles são Paulo Chapchap, Denise Santos, Claudia Cohen, Carlos Oyama, Maurício Barbosa, Paulo Mou, Paulo Fraccaro, Ruy Baumer, Adriano Londres, Dirceu Barbano, Lilian Orofino, Carlos Massal, Felipe Kietzmann, Claudio Lotemberg, Marco Bego, Armando Lopes, Ary Ribeiro, Giovanni Guido Cerri e Daniel Condry.

Rito de passagem

Para o presidente do Conselho de Administração do CBEXs, Francisco Balestrin, o momento é de comemoração ao novo início na carreira desses executivos. “Acontece agora um rito de passagem de jovens executivos, que com certeza neste ano aprenderam com os líderes com que tiveram oportunidade de se relacionar”, disse.

“Quero fixar aqui com vocês um momento de gratidão. Nós não podemos encerrar este evento sem sermos gratos aos nossos mentores, àqueles que adentraram este evento, a todos aqueles que nos ajudaram a estar aqui, ao nosso patrono. Nós temos que exercitar a nossa gratidão, e isso deve se passar a vida toda, porque ela é justamente o ato que temos para sermos maiores, nos enriquece e faz crescer”, refletiu Balestrin.

Mentorados de excelência

De acordo com o coordenador e idealizador do CBEXs Futuro, Eduardo Santana, quando se criou o CBEXs Futuro missão era escolher o líder da saúde que representasse uma experiência de sucesso naquele tempo, e a seleção dos nomes dos formandos foi uma das escolhas mais acertadas da coordenação. Santana falou que durante o curso muitos mentores ressaltaram a chance única de aquele projeto dar certo: se a primeira turma tivesse muita qualidade. E assim se sucedeu.
“A partir de agora vocês têm responsabilidade de devolver o conhecimento adquirido para a sociedade. Que nós possamos fazer um serviço de saúde mais fraterno”, reconheceu o coordenador.

Paraninfa

A diretora executiva da Abramed (Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica), Priscila Franklin, foi eleita paraninfa da primeira turma de mentorados e discursou em nome dos formandos. “Aceitei com humildade essa missão honrosa. Falar em primeira pessoa seria mais fácil do que elucidar os pensamentos, as impressões, as experiências vividas e compartilhadas desses 39 jovens líderes da saúde. São figuras ímpares, multidisciplinares, distribuídas nas mais distintas regiões do país. Pessoas de São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Pará, Santa Catarina e Bahia. Um grupo heterogêneo e às vezes dissonante”, falou.

Patrono

O CEO do Hospital Sírio-Libanês e patrono da turma, Paulo Chapchap, abordou em seu discurso as dificuldades com as quais os profissionais da saúde têm de lidar em seu cotidiano, principalmente a dificuldade de acesso aos serviços pela população em uma sociedade muito desigual. “Os determinantes sociais têm muito mais impacto que qualquer coisa que possamos fazer no diagnóstico e tratamento das doenças, eles são as dificuldades de acessos, eventos adversos, sociedades mais desenvolvidas com mais desigualdades”, disse o médico.

De acordo com ele, é imprescindível mais colaboração e menos competição; mais habilidades dialógicas, menos distância do poder; mais tecnologias de informação, que possam incorporar nos seus algoritmos ética e valores humanitários. “Por isso nós temos que ser protagonistas na criação de ferramentas digitais de interação com nossos pacientes. Porque, se não, eles buscarão outros valores que não são os éticos e humanos, com os quais nós fomos treinados e lidamos todos os dias”, destacou Chapchap.

A diretora executiva do CBEXs, Larissa Eloi, agradeceu aos novos líderes por terem somado para que o programa fosse um sucesso. “Temos a certeza de que iniciamos o ano de 2019 com 39 talentosos novos colegas, unidos por um único propósito – desenvolver a competência de liderança para se tornarem profissionais cada vez melhores. E hoje estamos encerrando o programa com 39 grandes amigos, mais que isso, 39 grandes amigos, que, juntos, se tornaram seres humanos ainda melhores e dispostos a contribuir para a transformação do setor. Verdadeiros líderes da saúde do futuro”, destacou.

SOBRE O CBEXS

O Colégio Brasileiro de Executivos da Saúde é uma entidade dedicada à promoção da excelência na gestão da saúde por meio de educação, de capacitação técnico-científica e de certificação dos executivos do setor público e privado. Reconhecendo um ambiente desafiador e que está em constante evolução, o compromisso do CBEXS é com a melhoria contínua das lideranças e com a sustentabilidade do sistema de saúde. Posicionando-se como entidade sem fins lucrativos, o Colégio tem também foco no caráter associativo e de representatividade profissional. O CBEXs promove a excelência na gestão de saúde incentivando a educação, a capacitação técnica-científica e a certificação dos executivos do setor público e privado da saúde. A instituição incentiva um ambiente colaborativo, onde os principais tomadores de decisão do setor compartilham seus conhecimentos e ajudam a capacitar novos e atuais executivos. O compromisso é sempre com a melhoria contínua das lideranças e com a sustentabilidade do sistema de saúde como um todo.
http://cbexs.com.br/

Fonte: Assessoria de imprensa.

Artigos Relacionados

Morte de Sofia nos EUA causa comoção nas redes sociais: ‘Um anjo’

Priscila Torres

INSS implanta auxílio-doença através de Atestado Médico Eletrônico

Priscila Torres

Saiba como o uso excessivo de celular e tablet pode gerar problemas posturais

Priscila Torres
Loading...
%d blogueiros gostam disto: