Pregão permitirá disputa entre biológico de referência e cinco biossimilares

Um pregão do Ministério da Saúde vai permitir a disputa por menor preço entre um medicamento biológico de referência e cinco opções de biossimilares. O lançamento do edital foi divulgado nesta sexta-feira (17/7), no Diário Oficial da União. A licitação será realizada para a aquisição de 460 mil frascos do medicamento trastuzumabe, usado para o tratamento de câncer de mama e ofertado no âmbito da atenção especializada no Sistema Único de Saúde (SUS).

Em audiência pública realizada no dia 23 de junho, a pasta considerou sete possíveis concorrentes. Além do medicamento de referência Herceptin, da Roche, foram listados os seguintes biossimilares: Zedora, da Libbs; o Kanjinti, da Amgen; o Herzuma, da Celltrion Healthcare; o Ontruzant, da Samsung Bioepis; e o Trazimera, da Wyeth.

Em 2018, o Tribunal de Contas da União (TCU) determinou a suspensão da Parceria de Desenvolvimento Produtivo (PDP) para fornecimento do trastuzumabe ao SUS. A Roche, a Axis Biotec e o laboratório público Tecpar fazem parte do acordo. Segundo o ministério, com base no Acórdão 2300/2018, a pasta é obrigada a realizar processo licitatório para aquisição do trastuzumabe enquanto o caso não for finalizado no TCU.

No início de 2019, o JOTA informou que as farmacêuticas Roche e Axis Biotec pediram a impugnação de um pregão semelhante, questionando as incertezas quanto à possibilidade de intercambialidade entre biológicos inovadores e biossimilares. No fim, a licitação foi realizada e o Herceptin disputou com o Zedora, mas a Roche acabou fazendo a proposta de menor preço. Desta vez, a concorrência será maior.

A política de biológicos do ministério, que poderá definir critérios mais claros sobre intercambialidade, está sendo elaborada desde 2018 e sem previsão de conclusão. Em outra situação, em 2019, quando houve dispensação do etanercepte biossimilar para tratamento de artrite reumatoide no SUS, também no âmbito da atenção especializada, o ministério elaborou uma nota técnica com orientações aos estados.

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Artigos Relacionados

Planejar aposentadoria fica ainda mais difícil na pandemia

Trabalhador deve conhecer sua vida contributiva e as regras da Previdência antes do pedido A pandemia de Covid-19, a crise econômica e a reforma da...

Procure conhecer tudo à respeito da sua doença e como você pode se ajudar! E acima de tudo, nunca desista!

No final de 2015, tive uma febre tão alta que me debatia na cama. Depois disso, não conseguia mais escovar dentes, pentear os cabelos,...

Live irá debater a falta de medicamentos nas Farmácias de Alto Custo

ReumaLive: Direitos dos Pacientes: Assistência Farmacêutica Em dezembro de 2020, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), emitiu um documento em que foi declarado...