Eventos Notícias

Porto Alegre: Encontro Nacional de Psoríase e Artrite Psoriásica acontece nesta quinta-feira na Câmara de Vereadores

Na próxima quinta-feira, 10/10, das 17h às 19h, a nova Portaria do Ministério da Saúde de aprovação de terapias com medicamentos biológicos a pacientes com psoríase moderada à grave estará em pauta pela Frente Parlamentar pela Psoríase e Atrite Psoriásica da Câmara Municipal de Porto Alegre, no Plenário Ana Terra no “Encontro Nacional de Psoríase e Artrite Psoriásica de Porto Alegre”.

O evento reunirá médicos, poder público, pacientes e vereadores para falar sobre as condições daqueles que padecem com psoríase, a necessidade do acesso ao diagnóstico e aos tratamentos. As atividades ocorrem no mês em que se celebra o Dia Mundial da Psoríase (29/10) e é uma iniciativa da Frente Parlamentar da capital gaúcha, presidida pelo vereador José Freitas, tendo na vice-presidência Gládis Lima,  presidente da associação de pacientes Psoríase Brasil.

A psoríase é uma doença crônica, autoimune que atinge cerca de 125 milhões de pessoas, sendo estimada a sua incidência entre 2% a 3% da população mundial. Ela é  doença inflamatória crônica da pele, sistêmica, de base genética e não contagiosa.

A psoríase caracteriza-se por placas avermelhadas espessas na pele, cobertas por escamas esbranquiçadas ou prateadas geralmente aparece nos joelhos, cotovelos, unhas, mãos, pés e couro cabeludo, podendo atingir todo o corpo.

A manifestação ocorre com mais incidência em adultos com idade entre 20 e 40 anos, mas também pode se manifestar em outras faixas-etárias. Pessoas com psoríase têm mais chance de desenvolver artrite psoriásica, causando mutilações e desfiguração. Diabetes, Doença de Crohn, doenças cardiovasculares, obesidade e depressão são comumente diagnosticadas nos pacientes. Para a OMS a doença é um problema de saúde pública que deve ser combatido com políticas públicas que visem o diagnóstico e o tratamento céleres.

Além do encontro do dia 10/10, a Câmara realiza durante o mês de outubro campanha de conscientização e uma exposição sobre a doença com imagens ilustrativas de diagnóstico, tratamentos e o trabalho da Psoríase Brasil no País. Este ano a Associação está organizando mais de dez eventos (RS, DF, CE) pelo Dia Mundial da Psoríase.

A Frente Parlamentar pela Psoríase da Câmara de Porto Alegre traz ao debate público a aprovação pelo Ministério da Saúde de quatro medicamentos biológicos (adalimumabe, secuquinumabe, ustequinumabe e etanercepte) para pacientes com psoríase que não respondem às terapias convencionais.

A aprovação do novo tratamento foi publicada no dia 06 de setembro de 2019, como Portaria Conjunta nº 10, que deverá regular toda a rede conveniada do Sistema Único de Saúde – http://www.in.gov.br/web/dou/-/portaria-conjunta-n-10-de-6-de-setembro-de-2019-215565462

Entretanto, os medicamentos ainda não estão disponíveis e nem todos os pacientes têm acesso a diagnóstico realizado por especialistas. As terapias biológicas são fármacos produzidos a partir de organismos vivos que, ao serem utilizados, miram diretamente nas moléculas inflamatórias que disparam a enfermidade.

Depois de cerca de dez anos buscando a atualização do Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas (PCDT) da doença, a Psoríase Brasil e a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) comemoram o avanço de inclusão dos biológicos no Protocolo de Tratamento do SUS à psoríase.

Sobre as Terapias à Psoríase

Tópica (pomadas ou cremes) em casos de psoríase leve;

Terapia sistêmica  (medicamentos via oral ou em forma de injeção), geralmente indicados para pacientes com psoríase moderada a grave e/ou com artrite psoriásica;

Fototerapia: que consiste na exposição da pele à luz ultravioleta de forma consistente e com supervisão médica;

Tratamento biológico (medicamentos injetáveis) indicados para o tratamento de pacientes com psoríase moderada à grave e/ou com artrite psoriásica.

 Sobre a Psoríase Brasil

Associação Brasileira de Psoríase, Artrite Psoriásica e Outras Doenças Crônicas de Pele –  Psoríase Brasil é uma entidade civil sem fins lucrativos que representa os pacientes com Psoríase. Criada em 2000, em Porto Alegre (RS), a Psoríase Brasil foi oficializada em 2010 e, desde então, passou a ter representatividade nacional e internacional.

A entidade tem como parceira a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e, em 2016, constituiu seu Comitê Científico composto por médicos dermatologistas. A Psoríase Brasil realiza trabalho de advocacy em prol dos pacientes e pela implementação da Resolução da OMS que, em maio de 2014, reconheceu a psoríase como uma doença grave, incapacitante, não transmissível, dolorosa, desfigurante e para a qual não existe cura.

Sobre a Frente Parlamentar pela Psoríase e Artrite Psoriásica

A FP tem como objetivo fortalecer e dar andamento ao programa voltado a esses pacientes, assim como definir a alocação de recursos já aprovados pelo Legislativo municipal à doença (Emenda 43 da Lei Orçamentária 2018). A Frente foi criada por iniciativa de José Freitas, autor da Lei Municipal 12.247 que institui a Rede de Atenção às Pessoas com Psoríase.

Fonte: Felipe Vieria – Porto Alegre Encontrar

Artigos Relacionados

Reumatologista tira dúvidas sobre gota

Priscila Torres

SBR orienta pacientes de doenças reumáticas sobre vacinação contra gripe

Priscila Torres

Deputada quer frota de veículos para deficientes tirar CNH

Priscila Torres
Loading...