O sofrimento tem me trazido um novo olhar sobre a vida, sobre o próximo e sobre mim mesma

Meu nome é Amanda, tenho 35 anos, sou casada e moro no Texas – EUA. Fui diagnosticada com Artrite Reumatoide há 4 anos atrás. Começou com uma dor bem incômoda nos ombros, depois dores incapacitantes nos pés e de repente me vi sendo atacada pela doença em quase todas as minhas articulações.

O tratamento que fiz no início não foi eficaz o bastante para conter a agressividade da doença. De modo inesperado a AR atingiu meu pulmão. Em 2016 fiz uma cirurgia chamada Lobectomia, em que uma parte do meu pulmão foi removida por estar necrosada.

Entre altos e baixos cheguei a ficar sem andar, sendo auxiliada pelo marido em tudo. Atualmente estou me tratando com medicamento biológico, uma injeção por semana, e as dores que antes eram insuportáveis passaram a ser suportáveis.

Sou muito grata por isso! A AR também me trouxe deformidades, algo que foi mais difícil de superar. Eu era bailarina, atriz, professora, super ativa e saudável. No entanto o sofrimento tem me trazido um novo olhar sobre a vida, sobre o próximo e sobre mim mesma. Deus tem me encontrado nas minhas dores e me ensinado a ter compaixão pela dor do próximo.

Creio que todas as coisas cooperam para o meu bem e tudo está debaixo dos propósitos de Deus. Cristo tem agido na minha fraqueza e nele sou forte. Espero levar um pouco de esperança a cada portador de AR e de outras doenças. Deus não abre mão de você!

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!❤

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: