Não deixo meus sonhos para trás, trago-os juntinho a mim pois ainda serão minha realidade!

Tudo iniciou em 2014, quando tive chikungunya. Fiquei muito mal. Não conseguia pentear ou lavar os cabelos, me vestir, precisei parar de usar minhas roupas e meus sapatos, pois a dor me impedia.

Cheguei a usar moletas, não conseguia me levantar sozinha, as vezes ficava presa no banheiro, então, passei a ir aos lugares da minha própria casa só quando havia alguém.

Era um sofrimento para sair e trabalhar. Usava corticoide direto para conseguir fazer o básico, por isso fiquei com quase 150 kg e muito inchada.

Em novembro de 2017, descobri um câncer e em maio de 2018 a AR. Nunca tive medo, mas a dor era algo surpreendente.

Assim que descobri a AR, encontrei também um médico maravilhoso e muito sensível com quem me trato até hoje. Iniciei um novo modelo alimentar por causa do câncer e da AR e hoje sou muito mais saudável e tenho um bom peso, com 1,75cm e 83 kg!

As dores não foram embora, ao menos não por completo!

Faço tratamento com imunossupressores e no ano passado ao ficar perto de muitos doentes no trabalho, peguei pneumonia e quase morri. Depois que sai da internação por causa da pneumonia, fiz tratamento contra tuberculose, que acabou no início de maio desse ano (2020). Fiz uma pausa no tratamento durante o tratamento para tuberculose, mas nunca os abandonei!

Nunca deixem seu tratamento e seus sonhos!

Não deixo meus sonhos para trás, trago-os juntinho a mim pois ainda serão minha realidade!

Me chamo Andréa Barreto, tenho 45 anos, convivo com a Artrite Reumatoide há 6 anos, sou Especialista em Educação e Psicopedagoga e moro em

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!❤

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Artigos Relacionados

Saúde avalia proposta de incorporação do nusinersena para AME dos tipos 2 e 3

Pela primeira vez desde a criação da Conitec, pasta vai convocar audiência pública para ouvir sociedade civil sobre incorporação, pelo SUS, de medicamento para...

Apesar das frustrações, mantenho a Fé em Deus!

Tudo começou a alguns anos atrás. Eu estava na metade do curso de graduação em Medicina Veterinária e estava tendo um surto de Zika...

Único tratamento biológico para adultos com Nefrite Lúpica ativa é aprovado pela ANVISA

Estudo clínico (BLISS-LN), que incluiu pacientes brasileiros, demonstrou que indivíduos tratados com Benlysta®, da farmacêutica GSK, tiveram 74% mais chances de alcançar a resposta...