ReumaBlogs

Granulomatose de Wegener

A Granulomatose de Wegener, hoje chamada de Granulomatose com Poliangeíte (GPA para os íntimos), é descrita como uma vasculite de pequenos vasos.

Ou seja: uma doença autoimune que causa uma inflamação nos vasos de pequeno calibre. Possui até um anticorpo associado: o anticorpo anti-citoplasma de neutrófilo, ou ANCA.

Afeta principalmente vias aéreas superiores, inferiores e os rins.

Nas vias aéreas superiores manifesta-se geralmente como um quadro de sinusite de difícil tratamento, com coriza persistente purulenta ou sanguinolenta, além de obstrução nasal, úlceras orais, nasais e perda do olfato. Em alguns casos podem surgir tumorações nas cavidades oculares.

Nos pulmões a GPA causa inflamações transitórias e leva à formação de nódulos. As inflamações aparecem como “manchas” no raio-x, chamadas de infiltrados, e geralmente o paciente acaba passando por diversos tratamentos seguidos para pneumonia, sem melhora do quadro. É preciso atenção para os nódulos pulmonares, pois eles podem virar cavidades e abrigar bactérias mais perigosas que as usuais!

Nos rins a GPA causa um inflamação comparável à causada pelo Lúpus. Até 20% dos pacientes podem iniciar o quadro com essa inflamação renal, que cursa com sangramento na urina, perda de proteínas e até mesmo insuficiência renal.

É uma doença incomum, de difícil diagnóstico e potencialmente grave.

O tratamento envolve uso de imunossupressores e deve ser conduzido por um Reumatologista!

#REPOST @reumato.izaiasjr

Related posts

3 fake news sobre a fibromialgia

Priscila Torres

Estresse no portador de doença autoimune

Priscila Torres

Osteoartrite erosiva das mãos

Priscila Torres
Loading...