ReumaBlogs

Fase crônica da Artrite Pós Chikungunya

Venho acompanhando cada vez mais pacientes na fase crônica da Artrite Pós Chikungunya, devido aos surtos em 2019 e 2020 em Salvador, região metropolitana e também casos no interior do estado.
A fase crônica da Chikungunya é definida quando os sintomas de dores e/ou inchaços nas articulações permanecem após 3 meses do início do quadro.

Os dados mostram que entre 40 a 80% dos pacientes vão evoluir para a fase crônica, ou seja, é muito comum que isso aconteça!

Os fatores de risco (ou seja, quem tem mais chance) de ter a fase crônica são: idade maior que 40 anos, sexo feminino e doenças prévias nas articulações (como artroses). Dores em mais de 4 articulações (o que chamamos de poliartralgia), do lado direito e esquerdo (simétrica) que pioram em repouso e pela manhã (rigidez matinal) são os sintomas mais comuns. As dores podem ir e vir (intermitentes) ou serem contínuas (persistentes). Os locais mais afetados são os dedos das mãos, punhos, joelhos, tornozelos e dedos dos pés.

Quando existe inchaço e vermelhidão nas articulações é porque está ocorrendo uma ARTRITE que é muito semelhante ao que acontece na Artrite Reumatoide!

Outros sintomas são: formigamentos e dormências nas mãos (principalmente por conta da Síndrome do Túnel do Carpo), dor na coluna, alteração na circulação das mãos (Fenômeno de Raynaud), dores nos tendões, fadiga e até mesmo sintomas de depressão, devido ao grande impacto na qualidade de vida.
O acompanhamento com o reumatologista é fundamental pois nós somos os profissionais que temos mais experiência para tratar artrites crônicas. Não se automedique com analgésicos e anti-inflamatórios pois você pode estar apenas “mascarando” a doença. Medicações anti-reumáticas específicas serão passadas pelo reumatologista além de um programa de reabilitação.

Você está na fase crônica ou conhece alguém passando por isso?

#REPOST @reumatologistasalvador

Related posts

Síndrome de Sjogren: boca seca, olhos secos e dor nas articulações

Priscila Torres

Rumo a qualidade de vida!

Priscila Torres

Live: Os perigos da automedicação com Dra. Larissa Souza e a Farmacêutica Marilma Galvão

Priscila Torres
Loading...