Dor na região do calcanhar pode ser sinal de fascite plantar

Ainda não se conhece a causa exata do problema

Dor na sola dos pés próximo à região do calcanhar pode indicar fascite plantar. O principal sinal de alerta é quando este desconforto aparece ao colocar o pé no chão pela manhã. Ainda não se conhece a causa exata do problema, mas entre os fatores de risco estão as atividades físicas de forma intensa, calçados inadequados, sedentarismo e desalinhamento corporal principalmente na região do quadril.

O médico ortopedista e traumatologista Joaquim Reichmann explica que a fascia plantar, também conhecida como aponeurose plantar, é uma membrana de tecido conjuntivo fibroso que recobre a musculatura da sola do pé desde o osso calcâneo que garante o formato do calcanhar até a base dos dedos dos pés.  A fascite é uma inflamação desta membrana e se manifesta principalmente no período entre 40 e 60 anos. O problema, normalmente, tem bom prognóstico, mas a recuperação costuma ocorrer de forma lenta.

Reichmann destaca que a dor perto do calcanhar costuma ser intensa, comparada a uma facada no período da manhã e vai aliviando durante o dia com a caminhada.  Outros sintomas que podem ocorrer incluem o inchaço (edema) e vermelhidão (eritema). Caso não tratada, a doença pode tornar-se crônica e provocar lesões no joelho, quadris e coluna.

Alguns exercícios com bolinha de tênis são indicados, pois beneficiam a região e podem ser feitos diariamente. Reichmann orienta iniciar com massagens, deixando a bolinha deslizar pela sola do pé. O ideal é praticar o exercício em cima de um tapete para ficar mais firme, mantendo por um período de aproximadamente dois minutos durante três vezes.

Outra atividade que pode ser feita é a seguinte: estender a sola dos pés o quanto puder e, com a mão, dobrar os dedos dos pés para trás. É necessário fazer o exercício primeiro com o joelho flexionado e, depois, alongar. O ideal é manter-se nessa posição por 30 segundos e fazer 10 repetições, três vezes ao dia. A terceira sugestão é estender a sola do pé e, com os dedos das mãos, fazer uma leve pressão na fáscia plantar, alongando com movimentos circulares. O ideal é massagear por alguns minutos até sentir que a sola do pé esteja relaxando.

Colaboração: Marcos Bedin / MB Comunicação Empresarial/Organizacional

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));