Dor invisível, só sente quem a tem e quem ama alguém que tem

Seguimos um pai e sua filha passando por um dia “normal”, mas que muitas vezes para as pessoas com Artrite, essa simples atividades, podem requerer forças além daquelas que a dor permite. Dor, limitação e fadiga é de verdade, respeite, ame e cuide de quem está ao seu lado e convive com algum tipo de artrite.

A Associação Dinamarquesa de Reumatismo chama a atenção para as dores invisíveis que os pacientes com Artrite experimentam todos os dias.O filme de consciência cinematográfico é narrado e dirigido pelo premiado diretor comercial Mikkel Blaabjerg em colaboração com a agência Primetime.

Anúncios

Comentário

comentários

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.