Doenças Reumáticas são muito mais do que um nome difícil

Tais doenças não são exclusividade de uma determinada faixa etária e abrangem um número muito grande de afecções, com causas muito diversificadas.

No Brasil existem cerca de 15 milhões de pessoas sofrendo de algum tipo de doença reumática, principalmente a artrose e o reumatismo das partes moles. A artrose ou reumatismo degenerativo é mais comum nas pessoas com mais de 50 anos, mas pode surgir em jovens devido à obesidade ou a atividades profissionais. As doenças reumáticas são um grande problema de saúde pública nacional, pois são a segunda maior causa de afastamento temporário do trabalho e a terceira causa de aposentadorias precoces por invalidez.

Por conta disso, a Associação de Pacientes com Doenças Reumáticas do Rio de Janeiro, realizará no dia 07 de outubro deste ano, o 2º Congresso RECOMEÇARRJ. O evento será direcionado principalmente à pacientes com Artrite Reumatoide, sendo a doença de maior acometimento entre as doenças reumáticas, e comumente manifesta com maior frequência entre o público feminino.

A realização contará com palestras de médicos especialistas no ramo da reumatologia, e dará sequência com um fórum de debates sobre a atual situação do paciente reumático no Estado.

Sua inscrição deve ser feita através do link http://www.sympla.com.br/2-congresso-recomecarrj, antes da realização do evento e possui uma taxa de R$12,00. A realização será na Rua São Francisco Xavier, 524 – Maracanã, UERJ, Bloco F, 1º andar, auditório 11, de 08h às 15h.

A Associação também irá promover uma Feira de Conscientização sobre Doenças Reumáticas, que será realizada em três diferentes locais. Entre eles:

09 de outubro – de 08h às 14h – Praça Dr. Luiz Palmier – São Gonçalo, RJ.

10 de outubro – de 08h às 14h – Praça do Pacificador – Duque de Caxias, RJ.

11 de outubro – de 08h às 14h – Praça da Cinelândia – Centro do Rio.

O objetivo é abordar a importância do diagnóstico precoce e o tratamento correto dessas doenças. Será uma semana de conscientização onde serão prestados esclarecimentos sobre tais doenças que atingem em sua grande maioria o público feminino, pois sem as informações o (a) paciente descobre tardiamente e pode comprometer a qualidade de vida. Serão distribuídas informativos e cartilhas educativas sobre prevenção, causas, diagnóstico e tratamento dessas doenças.

Fonte: http://www.segs.com.br/saude/81958-doencas-reumaticas-sao-muito-mais-do-que-um-nome-dificil.html

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Artigos Relacionados

Planejar aposentadoria fica ainda mais difícil na pandemia

Trabalhador deve conhecer sua vida contributiva e as regras da Previdência antes do pedido A pandemia de Covid-19, a crise econômica e a reforma da...

Procure conhecer tudo à respeito da sua doença e como você pode se ajudar! E acima de tudo, nunca desista!

No final de 2015, tive uma febre tão alta que me debatia na cama. Depois disso, não conseguia mais escovar dentes, pentear os cabelos,...

Live irá debater a falta de medicamentos nas Farmácias de Alto Custo

ReumaLive: Direitos dos Pacientes: Assistência Farmacêutica Em dezembro de 2020, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), emitiu um documento em que foi declarado...