Dia 31 de Maio – Dia da reumatologia PanAmericana

“Os reumatologistas formam uma fraternidade, somos irmãos unidos pela ciência e pelo coração”. Aníbal Ruiz Moreno, 1942.
Um dia é um espaço de tempo, não é mais do que a terra demora em dar uma volta completa sobre seu eixo. Desde a antiguidade é uma das formas de organizar o tempo. Outra coisa a ter em conta é que todos os dias são iguais em relação ao fato físico do giro da terra a menos que, por alguma razão, lhes queiramos impor um significado, uma transcendência especial, e esses são os dias comemorativos, como o aniversário de uma pessoa, o nascimento de uma instituição, uma batalha, um fato do passado que de alguma maneira influi sobre nosso presente e manterá sua influência no futuro.
Maio é um mês especial para chamar a atenção sobre as doenças reumáticas. Na atualidade, se comemoram vários dias que buscam promover o conhecimento sobre estas doenças. O dia 5 é o dia da espondilose anquilosante, o dia 10 é o dia mundial do lúpus, o dia 12, o da fibromialgia entre outros.
Maio é também um mês muito importante para PANLAR por duas razões: no dia 31 de maio de 1944, depois de um árduo trabalho pelo comitê encarregado de seu estudo, se aprovou oficialmente a que inicialmente se chamou de Liga Pan-americana para o Estudo e Controle das Doenças Reumáticas, que seria anunciada para a comunidade mundial em uma publicação da revista JAMA com seu nome atual de Liga Pan-americana de Associações de Reumatologia em junho desse mesmo ano, sendo assim a primeira liga regional criada pela ILAR (Liga Internacional de Associações de Reumatologia), a mãe das organizações na luta contra a artrite e o reumatismo.
O dia 31 de maio é também a data do nascimento de um de seus fundadores, quem é considerado o pai da organização, o Dr. Aníbal Ruiz Moreno, nascido em um 31 de maio em Córdoba, Argentina, e gestor da maravilhosa ideia de unir a um grupo de pessoas pela ciência e pelo coração.
Isto nos motivou a que se criasse em forma simbólica como dia de nossa história o nascimento do principal propulsor desta ideia original de ter uma supra sociedade que unisse a todas as sociedades nacionais dedicadas ao estudo de nossa especialidade.
É baseados nessa necessidade de marcar presença para próprios e para estranhos que se elege o dia 31 de maio como o dia da reumatologia pan-americana. Um dia que busca criar a necessidade de conhecimentos, de consultar, de acercar-se a nossa especialidade. É um dia de promoção da reumatologia global. Uma espécie de reinicio anual de nossa história.
O dia está concebido como um grande espaço para desenvolver nosso interesse na comunicação, com o fim de que os distintos atores da sociedade contemporânea se interessem pela reumatologia, já seja de algumas das patologias dos serviços e projetos da liga. Ao ser um dia inteiro de supranacionalidade, teremos uma força de amplificação da mensagem em todo o continente que chegará a todo tipo de interessados.
Também buscamos ter mensagens de todos os grupos de interesse na problemática dos reumatismos. O lema “PANLAR somos todos” reúne a toda a comunidade que forma a liga e inclui com certeza a nossos pacientes, unidos pela ciência e pela fraternidade.
Sabemos que a temática é muito extensa e a ideia de cada ano é ter um tema a desenvolver. Desta maneira, geraremos uma cultura de comunicação e de popularização do conhecimento em reumatologia que chegue a todas as capas sociais.
Também somos conscientes —e isto anima nossa ideia— de que quanto mais baixos são os níveis educativos, piores são as evoluções de nossas patologias. É por isso que consideramos muito necessários os processos de massificação de conhecimento, se trata de todo o apoderamento do conhecimento sanitário da população em geral acerca dos diferentes reumatismos.
Um dia é uma boa oportunidade para mudar o conhecimento sobre um tema. Muitas vezes basta com a manchete de um jornal, uma nota de imprensa na televisão, no radio, ou uma mensagem em redes sociais. Só necessitamos algo que por um instante roube a atenção de uma pessoa e que evoque a reumatologia, pois desta maneira acreditamos que estaremos ganhando uma instância de pensamento sobre o imaginário coletivo.
Uma vez conseguida a continuidade no tempo desta data, iremos crescendo nesta tarefa multicultural de difusão, gerando uma presença cada vez mais forte em todas as classes e chegando a centros de decisão com maior impacto. Seguramente teremos mais eco na hora de resoluções dos encarregados da toma de decisões.
Um dia de reumatologia pretende além do mais ter uma janela de difusão para as necessidades da especialidade em todo nosso território, para a difusão de distintas patologias e para a relação com os pacientes.
Também pode ser um chamado para a vocação, pois buscamos seduzir e captar novos talentos que, já seja como especialistas, pacientes treinados ou outras atividades, nos ajudem nesta tarefa de difusão. É um dia de amor, é o espaço para cultivar o espírito de nossa especialidade entre os distintos atores, sejam médicos ou não.
Maio é um mês para as Doenças Reumáticas e o dia 31 de maio, é o dia do nascimento de Aníbal Ruiz Moreno, há sido declarado por nosso Comitê Executivo, como o Dia Pan-americano da Reumatologia, um dia especial para uma comunidade viva na qual cada um de seus membros segue, desde sua perspectiva, estimulando, promovendo e apoiando a investigação, a prevenção, o tratamento e a reabilitação para todos aqueles que tenham uma afetação reumática.
Um dia para comemorar o espírito da nossa especialidade, aquilo que nos faz diferentes aos outros e que nos faz parte de um mesmo grupo. Uma comunidade que segue crescendo e que, depois de 75 anos, se segue caracterizando por sua paixão, pelo conhecimento e pela fraternidade entre todos.
Fonte: Panlar
if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: