Depoimentos

Desabafo de uma autoimune “Indesistível”

“Indesistível” – Essa palavra cada vez faz mais sentido para mim. Mês passado foi um mês difícil, eu realmente achei que não ia sair do ciclo de dor e abatimento… mas saí e por isso preciso te contar uma coisa: Deus realmente não nos dá provações  maiores do que conseguimos suportar. Eu estava no limite… na verdade no limite que eu achava que eu aguento, mas Ele sabe o  meu limite muito mais do que eu sei. Ele me conhece mais do que eu me conheço, Ele sabe quantos fios de cabelo tem na minha cabeça, e olha que cai e nasce cabelo dessa cabeça viu haha e Ele ainda sabe…

Acrescentei um remédio e tirei outro e esse tira e põe tem efeitos colaterais nada agradáveis. Eu senti dor… senti muita dor… colocar o pé no chão, escrever ou lavar o cabelo, coisas do dia a dia né? Então, eu tive dificuldade… não é fácil conviver com uma doença que não tem cura e se manifesta diariamente. Fisicamente é um desgaste, mas emocionalmente também… fico me questionando  como assim não consigo lavar o cabelo direito? como vai ser meu futuro? Será que vou piorar? Será que vou conseguir realizar meus sonhos? Deus, cadê a Mayra que entrava na cozinha de um retiro na quinta e saia no domingo pronta pra fazer pão lasanha para os amigos na segunda? Haha

A minha resposta é sempre: não sei… não sei como vai ser meu futuro, não sei se aquela Mayra vai voltar (ainda que eu queira muito Hehe)  Eu realmente não sei… mas Ele sabe, Ele tem o controle da minha vida, eu perdi o controle mas Ele continua no controle e isso é sensacional! Nunca na minha vida tive tanta certeza que a minha vida está nas mãos Dele e eu descanso nisso,  diariamente eu volto meus olhos para Ele e creio mais uma vez que Ele tem minha vida na palma das suas mãos.

Por isso, quero te incentivar a crer! Quero te incentivar a ser “indesistível”, mas não nas suas forças, mas nas forças Dele. Não desista do que Ele tem para a sua vida, ainda que seu físico e suas emoções estejam uma bagunça… realmente está tudo bem quando você admite não estar bem, tudo bem você se questionar, tudo bem questionar a Ele, mas não perca o foco: Ele continua no controle, Ele te ama.

Ahh no meio disso tudo descobri que existe um jeito de escrever sem tanta dor, se colocar uma borracha na caneta, sim, essa mesma da foto Hehe eu consigo escrever sem incômodo por mais tempo. Obrigada Jesus porque nasci na era do Google e posso descobrir dicas assim 🙂

#REPOST mayraresnauer

Artigos Relacionados

Existe sim, uma vida depois da doença autoimune

Priscila Torres

Senti muitas dores que por anos eu ignorei

Priscila Torres

Os médicos falavam que eram dores de crescimento, mas fui diagnosticada com artrite reumatoide juvenil

Priscila Torres