Depois da tempestade sempre vem um lindo e colorido arco íris, basta acreditar!

Meu nome é Patrícia tenho 39 anos, 1 filho de 18 anos outro de 14 anos, e descobri que tenho LES ( lúpus eritematoso sistêmico) em 2001. Quando meu primeiro filho estava com 30 dias de nascido, tive uma gravidez terrível com várias ameaças de aborto, meu filho nasceu com Apgar-6 (teste feito no recém nascido) e só descobri a patologia com 30 dias depois do seu nascimento.

Ele tinha febres constantes e dores insuportáveis que nada cortava, descoberto o Lúpus veio a luta, primeira seção de pulsoterapia e doses altas de meticortem. Tive que retirar meu filho do peito, até esgotar meu leite e aprender a conviver com o Lúpus e todos seus sintomas, efeitos colaterais das medições, dores, febres, depressões, medos, angústias e incertezas.

Três anos se passaram de lutas e sofrimentos e com a graça do meu bom Deus, o Lúpus entrou em remissão, engravidei pela segunda vez e tive uma gravidez tranquila totalmente diferente da primeira, pois  estava com o Lúpus em atividade e não sabia, tive meu filho tranquilo, amamentei ele até os 11 meses e a partir daí voltei ao tratamento.

Faz 18 anos que tenho Lúpus diagnosticado e a 16 anos ele está em remissão com a graça de Deus, hoje não tomo nenhum medicamento para o Lúpus uso somente o ciclobenzaprina para a fibromialgia e posso dizer que sofro com poucas dores, porque a mais ou menos 8 anos aprendi a viver saudável, comer saudável, praticar atividades físicas, faço academia e Muay-Thai 5 vezes na semana e quase não tenho dores.

As dores que tenho são suportáveis, sou grata a Deus por eu ter escolhido ser saudável e ter me libertado dos remédios para dores, sou a prova viva que atividade física e alimentação é 90% de uma qualidade de vida melhor, acreditem!

Sou Lúpica, tenho fibromialgia, hipotireoidismo, tendinite e bursite nos ombros e estou de segunda a sexta na academia e no tatame, vivo sem açúcar, sem álcool, sem refrigerante, sem conservantes, sem arroz, sem farinha branca, como saudável e sou feliz!

Tenho uma família que me ama, me respeita e que cuida de mim e uma médica maravilhosa a Dra Daniela V. Polizelli Roma de São José do Rio Preto que para mim é uma das melhores reumatologista que já conheci e tive o prazer de me tratar, estou com ela a anos e não troco por nada.

Tenho muita vontade de viver e de lutar, cada dia mais e mais. Que o Lúpus que em mim habitava não volte nunca mais. Acreditem, vocês também podem, todos nós podemos ter uma vida normal e feliz mesmo com uma patologia sem cura. Faço acompanhamento médico trimestral. O apoio, amor e cuidado da família são importantes nesse processo, e o mais importante de tudo, nós amarmos em primeiro lugar!

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!
.
É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp
.
Doe a sua história!

 

This is a private page. To make it public, edit it and change the visibility.

[wdi_feed id=”1″]

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));