ReumaBlogs

Corticoides na dose certa

Geralmente, quando o paciente recebe uma prescrição de corticoide, a primeira reação é de apreensão. Isso porque vêm logo à cabeça efeitos, como aumento de peso, aumento da glicemia, aumento da pressão arterial, risco de glaucoma e catarata, desenvolvimento de estrias, risco de osteoporose, entre outros. Mas é importante destacar que os corticoides não são vilões! Pelo contrário, quando bem indicados e sob acompanhamento médico, eles podem salvar vidas!⠀

Com potente ação anti-inflamatória, ele é muito usado no tratamento de doenças autoimunes e inflamatórias, principalmente no começo do tratamento, quando não temos todos os exames em mãos para iniciar um imunossupressor ou para que haja um alívio mais rápido dos sintomas e do quadro do paciente, já que muitas vezes o efeito do imunossupressor pode ser um pouco lento.⠀

A meta é não depender do corticoide a longo prazo. Por isso, você nunca deve se automedicar! O seu médico sabe a dose apropriada e o tempo seguro de tratamento.⠀

O especialista também orientará sobre como realizar a redução gradativa dos corticoides, quando o quadro reumatológico estiver estável, pois o prednisona, após usado por longo período, não pode ser suspenso de uma vez.⠀

#REPOST @reumatoana

Related posts

Autoeficácia do paciente com artrite

Priscila Torres

Homens e mulheres sentem dor diferente?

Priscila Torres

Síndrome ASIA

Priscila Torres
Loading...