Colunistas Espondilite Anquilosante Brasil Fibromialgia

Carta de um marido a esposa com fibromialgia

Carta de um marido a esposa com fibromialgiaA compreensão de uma doença invisível pela sociedade, piora os sintomas e o estado do paciente, quando essa incompreensão vem de amigos e familiares é extremamente doloroso piorando o estado desse paciente.

Carta de um marido a esposa com fibromialgia

Hoje eu me comprometo.

Eu prometo fazer todo o possível para ajudá-la. Isso não significa que eu farei tudo por você, nem que eu a tratarei como uma inválida, isso significa que estarei ao seu lado, enquanto puder, para apoiá-la nas coisas que você tem que fazer e que se tornarão complicadas. Sem procurar resolver a sua vida, mas encontre alternativas em conjunto para torná-la tão factível quanto possível, dentro dos seus limites.

Eu prometo não te entender. Sim, eu sei, essa recusa parece ruim, mas é a verdade, eu nunca vou te entender, por quê? Porque eu simplesmente não estou em sua condição e não importa o quanto eu tente, eu não posso imaginar a dor física e emocional que você sente. Eu não posso enganar você dizendo “eu entendo você” porque é apenas uma mentira piedosa que não é real. Em vez de entender você, eu vou tentar entender e aceitar que as coisas não são como sempre quis, e eu vou ajudá-la em seu caminho para aceitar isso quando você estiver frustrada pela situação

Prometo andar ao seu lado pelo caminho da vida. Quando você se cansar, se quiser, eu cuido de você, e quando nós dois ficarmos cansados, vamos descansar ao lado do caminho para contemplar a paisagem por um tempo até recuperarmos nossas forças.

Eu prometo fazer o que é humanamente possível para estar com você. Mas desculpe-me se eu falhar com você, eu sou humano, tenho erros e defeitos. Se eu me irritar com a soma das coisas que acontecem na minha vida e ficar chateado com você, vou tentar manter a calma, pelo bem de ambos.

Pacientes com espondilite tem maior probabilidade de ter fibromialgia

Eu prometo te amar com todo meu coração. Não porque está doente, terei pena de ti, nem te deixarei porque estou deprimido. Eu vou te amar por ser o que você é e o que você mostrou. Uma mulher maravilhosa que está disposta a encontrar o melhor caminho para seguir em frente. E, eu sei, às vezes você se cansa também, mas faz parte do processo.

Eu prometo ajudá-la na busca de todas as alternativas para melhorar a nossa qualidade de vida como um casal e o seu ser individual. E quando as opções acabarem, procuraremos o impossível até que a força se esgote. Sempre tendo consciência da realidade.

Eu prometo sempre deixar você ser você, e eu nunca vou deixar de ser eu. Porque no final somos um casal que procura compartilhar o melhor e é necessário nunca perder a essência. Talvez nos percamos na aparência ou nos demos as mãos, mas NUNCA perca a nossa essência individual.

Prometo tentar ajudá-la a ser melhor a cada dia, a ser melhor a cada dia e a deixar você me ajudar a ser.

Obrigada amor por me ensinar a ver a vida dessa maneira.

Fonte: Espondilite Brasil 

Related posts

Pare, respire e escute

Priscila Torres

Convivendo com a artrite reumatoide

Camila Junqueira

Impacto do uso de TNF-alfa em pacientes com fibromialgia

Loading...