Calculadora ajuda consumidor a entender a quantidade de sal nos produtos

Ferramenta “traduz” dados das tabelas nutricionais para estimular escolhas alimentares equilibradas

Traduzir a quantidade e diversidade cada vez maiores de informações dos rótulos é uma dificuldade que a maioria dos consumidores enfrenta no dia a dia. Os termos sódio e sal, por exemplo, muitas vezes são compreendidos como sinônimos, mas não necessariamente significam a mesma coisa.

Para ajudar a desmistificar questões e dúvidas como: “a diferença entre sódio e sal” e “até quantos gramas de sal são aceitáveis para a sua dieta”, a Nestlé criou uma ferramenta que realiza a “tradução” do valor de sódio expresso na tabela nutricional para sal, a fim de ajudar a esclarecer a população e auxiliar a fazer escolhas mais equilibradas. Até porque a informação contida na tabela nutricional dos alimentos vendidos no Brasil mostra a quantidade de sódio e não de sal.

Para efetuar o cálculo, é preciso apenas digitar quanto de sódio o produto tem na porção e a “calculadora” diz o equivalente em sal, além de comparar com a recomendação de consumo diário. A ferramenta, gratuita e aberta a consultas, pode ser acessada no site: https://www.nestle.com.br/proposito/individuos-e-familias/nestle-vidas-mais-saudaveis/calculadora

Dados sobre o sódio

Considerado como um dos “vilões” da alimentação, o sódio é muito importante para diversas funções no organismo, como a contração muscular, a manutenção da pressão arterial entre outros, mas pode ser prejudicial à saúde quando consumido em excesso. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a recomendação é um consumo máximo diário de 5 gramas de sal (o que seria equivalente a 5 sachês de 1 grama cada). No entanto, segundo dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF-2008-2009), do IBGE, o consumo diário médio de sal pelos brasileiros é mais do que o dobro do recomendado (12 gramas).

Sal x Sódio

O sódio é um dos elementos químicos mais abundantes na Terra. O cloreto de sódio, mais conhecido como ‘sal de cozinha’, representa 80% da matéria dissolvida na água do mar. O sal de cozinha é composto por 41% de cloreto e 39% de sódio e, devido a sua forte presença na cultura alimentar do brasileiro, é a principal fonte de sódio na alimentação das pessoas do País. A última edição da Pesquisa de Orçamentos Familiares, realizada pelo Ministério da Saúde, mostra que o sal de cozinha (aquele que é adicionado à comida) representa 71,5% do total do sódio ingerido pela população brasileira.

Sobre a Nestlé

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));