ReumaBlogs

Meus olhos e a hidroxicloroquina

Se tivesse um remédio que talvez um reumato colocasse na água, acho que seria a hidroxicloroquina (HCQ)!

A cloróx ou cloróca – pros íntimos  é muitíssimo bem vinda em várias condições reumatológicas .

No entanto, há muita resistência pro uso da medicação por medo dos efeitos colaterais, sendo a agressão aos olhos a mais temida.

O reuquinol, nome comercial mais comum da HCQ, pode ser tóxico pra retina, causando maculopatia. Vou explicar como e quais os cuidados pra diminuir essa chance.

Quanto maior a dose e maior o tempo de uso, maior a chance de machucar a retina. Em 10 anos de uso essa chance é de 10% e em 20 anos, aumenta pra 40%

Além da dose e do tempo de uso, outros fatores que aumentam a chance de toxicidade são falência renal, uso concomitante de tamoxifeno, baixo peso e doença macular pre-existente.

É preciso que a dose do remédio seja prescrita pelo quilo de peso do paciente, sendo o recomendado de 5mg/Kg/dia. Como os comprimidos são de 400mg, a gente calcula a dose total da semana e divide pra saber quantas vezes na semana o paciente deve tomar. Então, os pacientes que pesam menos não tomam todos os dias da semana.

É sabido que quanto maior o nível serico da droga no sangue, que é quanto do remédio foi detectado no exame de sangue, maior o risco de toxicidade. No entanto, esse exame ainda não é disponível na prática clínica e existem pessoas estudando qual o nível sérico adequado pra manter a doença fora de atividade e dar menos efeito colateral.

Recomenda-se que todo paciente que vai iniciar o uso da cloróx faça um exame do olho com o oftalmologista.

Esse exame deve ser repetido depois de 5 anos do uso (se ausência dos fatores de risco pra toxicidade) e a partir daí, todo ano.

Em caso de suspeita de lesão da retina, deve-se suspender a medicação e encaminhar ao oftalmo que vai acompanhar tudo bem de pertinho.Qual a sua experiência com a hidroxicloroquina?

#REPOST @lorenza.silverio

Artigos Relacionados

Terapia de reposição hormonal (TRH) e pacientes reumáticas

Priscila Torres

Biossimilares – Troca automática no SUS?

Priscila Torres

Já fez seus exames este ano?

Priscila Torres
Loading...